domingo, 28 de outubro de 2012

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Flexibilidade

Você sabe o que é flexibilidade?

Flexibilidade pode ser definida como a capacidade dos tecidos corporais em permitir, sem danos ou lesões, a ampla movimentação em umaarticulação ou grupos de articulações, ou então, como a capacidade de uma articulação mover-se com facilidade em sua amplitude de movimento.

Veja alguns belos exemplos:





sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Morre a namoradinha do mundo!






Sylvia Kristel (Utrecht, 28 de setembro de 1952 - Amsterdã, 17 de outubro de 2012) foi uma atriz, diretora e modelo holandesa, mais conhecida pelo filme erótico Emmanuelle

É assim que começa a definição pelo site Wikipedia sobre essa exímia atriz. Sylvia Kristel, ou a Emmanuelle como era conhecida em todo mundo, foi um marco no cinema pornográfico mundial.


Emmanuelle não era putaria, não era o pau comendo, não era 2x1, não era DP, não era sexo com animais, não era pansexual, Emmanuelle é o clássico da pornoxanxada.


Sim Pornoxanxada!Nessa série de filmes (e põe filmes nisso) mal podia se ver os pelos pubianos da atriz. Era o vulgo “nas coxas” que todo mundo conhece. Sem duvida o ator estava com o pau amarrado pra traz e a atriz mal sentia alguma coisa. A câmera SEMPRE pegava de ângulos que não mostrava nada, apenas os seios da moça e o peitoral do rapaz.




A carreira dela começou em 1969 com o filme Emmanuelle e reza a lenda que a atriz estrelou um filme chamado Two Sunny Days em 2010.


Bom vamos ao que importa né?


Emmanuelle inspirou gerações de punheteiros. Essa holandesa não era o estilo mulher panicat que a gente ta acostumado hoje em dia. Era branquela, com olhos claros, peitos médios e bunda pequena. Ai você me pergunta, porra como uma mulher que não tem “nada demais” para nosso padrão de mulher gostosa, que não dava direito e sem mostrar quase nada conseguiu marcar tanto as gerações?




Primeiro de tudo é que vocês devem imaginar que o mercado pornográfico mudou muito nos anos. Imagina como era nos anos 1970 e 1980 para você conseguir ver uma pornografia? E o que era pornografia? Não tinha isso não de mulher dando o rabo pro cavalo, de dois cara comendo ao mesmo tempo, de três mulheres metendo juntas! Não tinha nada disso! O máximo que tínhamos de sexo era isso ai mesmo a Emmanuelle dando umas cavalgadas sutis com o marmanjo la com o pau amarrado pra traz. Isso sem que isso tudo era em TV ABERTA! Sim TV aberta! Meus camaradas, não existia o DVD da brasileirinhas la pra você comprar na banca de jornal por R$12,00! Muito menos exista o Porntube, Youjizz, Pombaloca, Diario da putaria, Escritorio do sexo...nem internet tinha meu povo! Era tudo na Band! Na tevezona la! Era o comentário de todo mundo nas escolas, que sabadão as 2h da manha passava a Emmanuelle e era o comentário qual foi o capítulo da vez, onde foi que a danada aprontou a suas firulas. E ai que esta a grande sacada dessa atriz estupenda: Os mil lugares que Emmanuelle já acasalou.




Segundo o Wikipedia, Emmanuelle estreou nada mais nada menos do que 60 filmes. Ela furnicou em tudo quanto é lugar que vocês possam imaginar! Estrelou filmes de diversos nomes como no espaço, em marte, em Veneza, no inferno, em Soho, A Anti Virgem, em Tokio, na Africa e reza a lenda que existe o 2004 Emmanuelle Private Collection: Emmanuelle VS Dracula. Sim, EMMANUELLE CONTRA O DRACULA! Não tinha pra ninguém, pra nerd, pra descolado, pra comedor, pra punheteiro, pra emburrado. Todo mundo desejava copular com a dona Emmanuelle! Ela conseguia despertar o desejo mesmo nos mais tímidos ou em quem fingia que não gostava ou tinha vergonha de admitir! Duvido que nesse 60 filmes em locais diferentes não tem UM que você marmanjo, não ficaria estigado!


Sim, todos nós homens que passamos pela puberdade, dos 12/13/14...todos nós devemos nosso descobrimento sexual a essa atriz. Não tem pra Sylvia Saint, não tem pra Tera Patrick, Jehnna Haze, Jesse Jane, Taylor Rain. Todas essas vieram depois da nossa querida holandesa que teve seus filmes distribuídos em diversos países europeus e sulamericanos. Aposto que todas as atrizes pornôs mundiais e todos os homens devem a ela, tudo o que ela nos ensinou e nos inspirou!



Se a Regina Duarte foi a namoradinha do Brasil, Sylvia Kristel foi a namoradinha do mundo!


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Dia dos Professores

Ultimamente tá rolando uma onda de alunos descendo o cacete no professor ou na professora na sala de aula. É foda, a criançada tá rebelde demais por bosta nenhuma. Por qualquer coisa querem retrucar, xingar o professor e partir pra cima do coitado. Isso é por que essa molecada é muito mimada e anda sem costumes.

Além disso, no meu tempo, aluno nem pensava em bater na professora. Ainda mais se ela fosse jeitosinha. Sou do tempo que a molecadinha tinha fantasias com as professoras e coisa e tal. Ok, maioria das professoras da moçada estavam longe de ser o que podemos chamar de sexys, mas tinha sempre uma ou outra que dava pra dar um trato. Isso quando não rolava uma estagiária delicinha pra brilhar os olhos da galerinha. E aí o banho da moçada ficava mais longo por causa dessas professoras.

A molecadinha não queria espancar a professora. A única coisa que a molecada espancava era o "boneco". Por isso, que a molecadinha de hoje em dia é tudo mocorongo. A gente era bem mais calmo. Isso é culpa da porra na mente dessa juventude, muito hormônio reprimido vira violência.

Mas também não vão achando agora que é pra sair comendo as professoras a torto e a direito. Se não rola o que aconteceu no Texas, em que a professora foi presa por realizar um grupal com 4 alunos de 18 anos (em alguns estados dos EUA, nego só é maior de idade depois dos 21 anos). Aí, um quinto aluno filmou, colocou na net e fodeu! Cana na professora. A molecadinha deve ter ficado com uma fama da hora, mas é foda, coitada da professorinha. Grupal agora só na hora do banho na cadeia.

Então, deixe a fantasia apenas na sua mente. Só se sua professora for assim, aí pode.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

O que realmente estava passando pela cabeça do Nissim Ourfali?


Você deve ter ouvido falar do menino Nissim Ourfali, aquele do vídeo do Bar Mitzvah!!! Caso não, clique aqui.

Como nosso objetivo também é levar cultura para nossos leitores, daremos uma breve explicação sobre o que é essa festa. Bar Mitzvah é uma celebração judaica para comemorar a checada da maduridade, para as meninas essa idade é aos 12 anos, para os meninos é aos 13, a partir daí a criançada já é totalmente responsável pelos seus atos, isso de acordo com a lei judaica. Obviamente, antes dessa idade, são os pais responsáveis por eles, após essas moças e rapazes já podem participar de todas as áreas da comunidade.

E inspirada nessa história toda  a comediante americana Rachel Bloom (foto)  fez uma música bem sexy "You can touch my Boobies ( Você pode pegar meus peitos )" falando sobre o que passa na mente de um garoto de doze anos que está fazendo aula preparatória de Bar Mitzvah.

Rachel Bloom - You Can touch my Boobies



Letra:
Hey Jeffrey Goldstein. Looks like you fell asleep in Hebrew school again. Well that's okay. 'Cause now, you're about to have a dream! And not just any dream...a sexy dream!

Sex. Sex. Sexy sex.

Come with me, Jeffrey Goldstein to a fantasy.
Rip off your Stewie Griffin shirt, give yourself to me.
No need to check the lock, 'cause your parents are at Benihana.
Throw away the sock,
Now come in close I know you wanna...

We're gonna have some fun tonight
'Cause you can touch my boobies.
Don't be shy, yeah, it's all right.
'Cause you can touch my boobies.

Sex sex sexy sex boner boner uterus.

Saturday night and the music's pumpin' at the family fun plex.
We'll lick tongues in a go-kart, and you'll tell me fun facts about minerals.
Now I'm dressed like the lady from that cookie wrapper in the trash!
I'll show you my vagina which is located on my stomach somewhere!

Jeffrey! This is Golda Meir, the fourth prime minister of Israel! You're disgusting! You are perverted! You have brought shame on your family and the Jewish people! You are going to be a rapist!

Boooooooobs!

(Sex sex sexy sex)
You can touch my boobies!
(Boner boner uterus)
You can touch my boobies!
(Fallopian Fallopian)
You can touch my boobies!
(I see you staring at your dog's pussy!)
You can touch my boobies.

sábado, 6 de outubro de 2012

Rosa nem sempre é bichisse

"Que porra de título é esse? O Carilha se desvirtuou?" - você deve estar pensando. Não, relaxa. Deixa eu explicar essa caralha.

Bom, você já sabe que outubro é o mês da Oktoberfest (que apesar de tudo, começa em setembro), festejo mais que correto que acontece na Alemanha e que tem cerveja a torto e a direito. Só por isso, já seria um mês para ser lembrado e relembrado.

O que talvez você não saiba é que outubro também é o mês internacional de combate ao câncer de mama. E, por causa disso, monumentos pelo mundo inteiro são iluminados por luzes rosadas, para que as pessoas se lembrem dessa nobre causa contra essa doença filha da puta. Por isso que rosa nem sempre é coisa de bichinha. Rosa as vezes é coisa séria.


Aí você se pergunta: "Por que o Carilha, que é um blog voltado principalmente ao público masculino, está tratando de um assunto tão sério e voltado ao público feminino?". A resposta é elementar, meu velho. O motivo é que apesar da doença atingir principalmente as mulheres (apenas 1% dos casos se aplicam a nós, machos pra carilha), todos somos atingidos indiretamente.

Pense pelo seguinte ponto. Você gosta de peitos, certo? Todo homem gosta. Por que você vai deixar uma doença filha da puta tirar uma das coisas que você mais gosta na face da Terra? A gente não pode deixar barato. Nós temos que fazer alguma coisa pra que a doença não foda as nossas vidas e, principalmente, a vida de nossas garotas.

Bom, é sabido que não há vacina contra o câncer de mama. Então, a melhor prevenção ainda é descobrir a doença o quanto antes, para que haja tratamento o quanto antes, afim de extirpar o câncer do paciente. Por isso que a mulherada deve frequentar ao médico regularmente, fazer o auto exame mensalmente e procurar fazer mamografia pelo menos uma vez por ano depois dos 40 anos. E cabe a gente, adoradores de peitolas, enfiar isso na cabeça de nossa garota.

O auto exame, por exemplo, é super sussa. Todo mês, de preferência logo após o xico, guria deve observar na frente do espelho se, com o movimento dos braços, aparecem alterações de contorno e de superfície dos peitinhos. Deitada, a mão direita apalpa o peito esquerdo e vice-versa. Com movimentos circulares suaves ela vai apertando levemente a mama com as pontas dos dedos. Aperte os biquinhos para observar a saída de secreção. E pronto. Se estiver tudo certinho, beleza. Se reparar alguma coisa, visite um médico. Simples assim.


Afinal de contas, é o mínimo que podemos fazer. a gente não se cansa de apertar, morder, beijar e dar carinho a um peitinho. A gente tem o dever e obrigação de cuidar deles. Por isso a gente apoia essa luta. Do nosso jeito, mas apoia.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Coisa rica: Christina Hendricks

Prezados leitores, como diria o Galvão Bueno: "Haja coração", mas nesse caso mesmo seria: "Haja Sutiããããã"... Coisa rica da vez é a atriz Christina Hendricks, nascida nos Estados Unidos em 03 de maio de 1975 está inteiraça.
A atriz se destacou após interpretar a Joan Holloway na série Mad Men.

Vamos ao que interessa, veja as fotos dessa ruiva:




















Agora vamos a duas belíssimas interpretações calientes da atriz:



Para ver mais da atriz assista os seguintes filmes:
DRIVE (Drive);
NÃO SEI COMO ELA CONSEGUE (I Don't Know How She Does It);
JUNTOS PELO ACASO (Life as We Know It);
ENTRE VINHOS E AMORES (La cucina);
DETACHMENT(Detachment).

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Pra quê barriga de tanquinho?

A mulherada vive falando que homem gostoso é quem tem barriga tanquinho. Adoram valorizar um cara sarado e menosprezar a gente, que cultivamos ela, a pancinha de cerveja. Até o Ronaldo Gordo Fenômeno tá tendo que suar que nem um condenado graças a essa cultura da barriguinha seca.

Bom, eu já penso o contrário. Sou da filosofia de que um homem sem barriga. São todas as cervejadas, churrascos, feijoadas e muitos bacons, acompanhados de muitas boas histórias.

E a maior prova disso é Danny Ross, que agora tem uma história pra contar. Ele e a sua barriga passaram por uma história a ser contada aos seus netos. Durante um ataque de fúria de um maluco, o nosso amigo gordinho levou 38 facadas e foi deixado pra morrer sangrando nas ruas de uma cidade do Reino Unido. Levado para um hospital, o sujeito levou 70 pontos e sobreviveu, segundo os médicos, graças à sua pança!

Devido flacidez de seu corpo gordinho, nenhum órgão foi afetado pelas punhaladas. “A equipe médica foi bastante discreta na forma como descreveu meu caso, mas sei que sou mais pesado do que gostaria de ser. Eles disseram que meu peso extra salvou minha vida”, disse a vítima ao The Sun.

Bom, se ele fosse saradão, barriga sequinha, tava morto uma hora dessas. Moral da história, gordura não mata. Salva.


Oh yeah!