sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Posições para facilitar sua vida amorosa - parte 01

Nada melhor do que mandar ver com estilo. Fazer a garota feliz da vida e, consequentemente, querer mais, fazendo VOCÊ feliz da vida. Que maravilha! Mas as vezes alguns obstáculos surgem no caminho para foder (metaforicamente) sua pobre noite de sexo. Você se programou, tomou banho, botou uma roupa bacana, pagou um jantar caro pra caramba e agora quer que esse investimento todo valha a pena. E não vai ser seu pinto pequeno (ou grande demais), uma ejaculação precoce, uma menstruação ou até uma barriga de 7 meses de gravidez que vão atrapalhar você. Certo?

Pensando nisso, o Carilha! trás algumas dicas de posições que podem ajudar na hora dos finalmentes. Sem pretensão nenhuma, afinal ninguém aqui é expert do assunto, mas posições simples que pelo menos valem a pena tentar. Pode não ajudar, mas atrapalhar é que não vai. E sem precisar ser malabarista.

Hoje, as dicas são para machos pra carilha que não tem nenhuma anaconda entre as pernas. Muito oelo contrário.

POSIÇÕES PARA VOCÊ QUE TEM PERU PEQUENO

Primeiro de tudo, não se desanime, meu velho. Como já dizia a vovó: "Mais vale um pinto bulinoso do que um galo preguiçoso". Foque em uma coisa, prefira deixar o caminho livre para entrada do danado, ficando o mais próximo possível do quadril da guria. Não adianta querer cutucar a onça com vara curta de longe. Procure posições em que ela possa manter as pernas bem abertas, sem atrapalhar o entra e sai. Se liga nessas 3 posições.



Ela com as pernas na sua cintura
Deitada de barriga pra cima (com um travesseiro sob o quadril pra dar mais conforto...afinal a mina tá te dando, merece algum respeito), a gatinha dobra as pernas. De joelho, você penetra a zona do agrião enquanto coloca as pernas dela entorno de sua cintura. Depois de tudo encaixado, ela pode movimentar-se para os lados ou para cima e para baixo, para onde ela quiser, pra que a penetração seja a mais profunda possível (ela nem vai lembrar que você tem um pipizinho). Para controlar o vaivém, segure na cintura ou na dorso dela. O bom dessa posição é que você tem a sua disposição os peitos e o clitóris dela, então mãos a obra.


Ela com as pernas nos seus ombros
Com a guria de barriga pra cima, você chega junto e coloca as pernas dela, um pouquinho dobradas, em dos seus ombro. De joelhos e jogando um pouco do peso (leu direito? UM POUCO!) sobre as pernas dela, você consegue controlar o quanto o pequeno guerreiro vai entrar na moçoila e o peso do corpo dela “prende” o seu pimpolho durante a movimentação. Novamente, suas mãos estão livres pra acariciar os peitos dela e os pés. Se você for espirito de porco, pode até fazer cócegas nos pés delas.


De quatro
Essa você já sabe, né? Mas se não sabe, lá vamos nós. Ela fica de joelhos, inclinando um pouquinho o corpo para frente, com as mão apoiadas (no colchão, no chão, no capô do carro...), liberando uma das vistas mais belas que você vai ver nessa vida. Também de joelhos, você chega como se não quisesse nada e PIMBA! Segure ela no quadril e dite o ritmo da brincadeira. Seja um sujeito bacana e dê uns beijinhos na nuca dela, acaricie os peitinhos, clitóris e tudo mais. E se você for um sortudo, quem sabe ela libere o botão.

Ah, repare que as 3 posições você fica de joelho. Se você não quiser esfolar os joelhos, evite carpetes e chãos de pedrinha!!!

E por hoje é só. Segunda feira tem dicas para as moças!

Nenhum comentário: