sábado, 4 de agosto de 2012

Campeão dos 400m é eliminado por alguns centímetros

O estadosunidense LaShawn Merritt, que foi campeão olímpico dos 400 m rasos em Pequim 2008, foi eliminado ainda na disputa nas eliminatórias da modalidade em Londres. Depois do título em 2008, o gringo  foi flagrado no antidoping entre outubro de 2009 e janeiro de 2010. O exame deu positivo para a substância DHEA (deidroepiandrosterona). Acabou sendo suspenso por 21 meses.


O mais interessante foi a explicação que norte-americano usou para justificar a presença da substância. Ele alegou que o esteróide anabolizante fazia parte da fórmula de um medicamento para aumentar o pênis. É mole?!?!?

Aí nós podemos tirar duas conclusões.

1 - Caiu por terra a teoria de que negros são bem dotados.

2 - Ou ele queria ganhar alguns centímetros de vantagem (talvez uns 30cm) na pista de corrida. E a eliminação foi mesmo justa.

O que importa é que, na competição deste sábado, Merritt era considerado o favorito dos 400 m, foi eliminado por um motivo idiota (se a desculpa que ele usou é verdadeira). Ele não leu o último post do Carilha com as dicas de posição sexuais para quem tem pinto pequeno?

Sei lá se ter uma jéba grande é mais importante que o ouro olímpico. Eu acho que não.

Nenhum comentário: