sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

A belga sem vergonha.

Boa tarde,
A quantos anos não escrevo aqui! Anos mesmo! Muita coisa
mudo na vida do carudo, muita mesmo do dia pra noite. O carudo termino o
relacionamento, já relatado aqui, que durou mais ou menos 5 anos e meio. O
carudo tambem fez um intercambio, passou uns tempos na Europa, e teve algumas
historias engraçadas, do cotidiano de um rapaz normal, de 22/23 anos que morou pela primeira vez
sozinho.
Minha memoria não anda la muita coisa, mais vou contar uma
historinha: O carudo também cabaça! Sim e cabaçou em grande estilo, com uma
belga, loira e linda!
Eu morava em uma residencia estudantil...e conheci essa
belga. Loira, olho claro, linda, novinha 18 anos, e estava toda feliz que ia
morar sozinha pela primeira vez. A tipica lolita de filme que qualquer cara
fica alucinado.
Pra piorar, ela amava provocar. Amava! Ela sentava na sala
com os estudantes, sempre acompanhada de uma fraldinha (WTF) e o dedo na boca,
passava HORAS na frente do notebook, segurando uma fralda e chupando o dedinho.
Tambem era de praxe ela mostrar uma cuequinha do batman que ela usava...A
mulecada ficava doida.
Bom, um belo domingo, voltamos de uma matine que batiamos
cartão. Era um Pub que não pagava pra entrar, tocava rock/pop e acabava umas
22:00. Voltamos pra casa embreagados, e como de praxe, todos conectavam na net
para falar com a familia e tal.
A belga estava sentada na mesa na minha frente, e me chamou
no facebook para bater papo. Eu achei aquilo bem estranho, mais respondi. Papo
vai, papo vem, ela me falou que estava muito entediada, e que iria durmir já que
nada de legal acontecia naquela casa. Eu logo vi uma maldade naquela carinha
linda, e falei que se ela quisesse eu poderia animar a noite dela. Ela me
indagou como, e eu falei que era so ela sair da cozinha e me esperar no
corredor. Para meu espanto, de verdade eu não esperava isso, ela simplesmente
levanto e saiu da cozinha. Na cozinha estavamos eu, meu companheiro de quarto e
um camarada nosso que era APAIXONADO por ela. Eu falei pro meu truta por face
tambem segurar o outro camarada na sala, que eu já voltava.
Quando sai da cozinha, estava ela encostada na escada,
olhando pra mim, perguntando o que eu poderia fazer para alegrar a noite dela.
Eu agarrei ela, com uma vontade que voces não imaginam. O cabaço do meu
camarada de quarto ( ele era foda ) não entendeu nada, saiu da cozinha pra me
perguntar o que eu queria, ele me viu pegando ela, e eu berrei pra ele voltar
pra cozinha pro outro camarada não sair, e não ver, já que ele era bem
apaixonado por ela.
Ela subiu pro quarto dela e eu fui pro meu, la encontrei meu
camarada. Esse camarada morava la a mais de um ano, e me indagou: “O que voce
faz aqui?” – “Ué ela falo que tava com sono e foi durmir” – “Mais voce é burro?
Ela é europeia manow! Europeia e chata pra beja, mais se voce beja, voce come!
Vai pro quarto dela AGORA ou ela vai te queimar”.
Eu mandei uma mensagem pra ela, mais não fui no quarto dela.
Ela falo que estava com sono e que não me queria la ( eu obvio que devia ter
subido, inclusive com as camisinhas que meu camarada meu deu ) e eu deixei pra
la. No dia seguinte, aconteceram uma serie de fatos, que eu não consegui fala
com ela.
Conclusão:
Ela se mudo de casa, eu não comi nem peguei mais e ela
finalizou o papo com o pessoal assim: Essa casa ta uma merda, um rapaz namora,
o outro ( que era apaixonado por ela ) é meu melhor amigo e eu não vo pegar
ele, e o Carudo pega muito mal meu deus do ceu.
Adendo:
Fizemos um churrsaco na minha casa para comemorar o meu
aniversario, e ela pegou 2 caras ( boquetando pra um deles e nenhum deles era o
camarada apaixonado) e 1 mina!
E o dedo, eu enfio onde depois dessa?

Um comentário:

Lesma disse...

teu biro-biro ficou só na vontade!