sábado, 30 de julho de 2011

A rosquinha da Sandy

Alá na capa da revista... "É possível ter prazer anal". Essa é a frase da "cantora" Sandy na capa da Playboy desse mês, que mostra Adriane Galisteu e sua esfiha sendo aparada. Ainda não vi o ensaio, mas ouvi dizer que é um repeteco do primeiro ensaio fotográfico da ex-namorada do Ayrton Senna.

E deu um baita xabu o fato da Sandy alegar que ter prazer anal é possível. Olha, eu nem li e nem vou ler essa bosta, provavelmente receberei as fotos da Galisteu no meu e-mail e pra mim basta. O que me deixa intrigado é: quem quer saber o que a Sandy faz? Se ela dá ou não o rabo, foda-se. Depois ela falou que a frase foi distorcida. Pra mim isso é marketing mal feito, como fora feito com a cerveja Devassa. Seria o mesmo que pegar a Preta Gil pra fazer propaganda de produto de beleza.

É possível ter prazer anal? É.
É possível o homem chegar à Lua? É.
É possível o ganhar na mega sena? É.
É possível o Corinthians ganhar a Libertadores? Não. Ok, não vamos exagerar.

Mas se tem nego que dá o cu então deve ser possível ter prazer, ué!? E digo mais: vai saber de qual prazer anal ela está falando? De repente nem tá falando do brioco dela, mas existe por ae aqueles strap-on. Aquela família Lima nunca me enganou com aquelas varinhas dos violinos.

Sandy

Nenhum comentário: