sábado, 2 de julho de 2011

Gritaria no tênis

Pra quem, assim como eu, não acompanha muito tênis, tá rolando o torneio de Wimbledon, tradicional campeonato de tênis realizada na Inglaterra. Lá, os maiores do esporte, seja no feminino ou no masculino, estão disputando o cobiçado troféu.


Esporte bonito esse tênis.

Muito bom, muito legal. Mas eu vim mesmo é falar da gritaria que tá rolando nos jogos do feminino. Tá rolando uma polêmica fodida, pois algumas jogadoras estão dando gritos que estão incomodando até os torcedores. Isso por que a quadra central esse ano fica coberta quando chove (e chove bastante na Inglaterra). Aí, a mulherada grita e a parada ecoa e dói o ouvido do espectador.

E tá rolando uma polêmica, pois muita gente fala que o tal grito é desnecessário. Que é normal, sim, dar um gemido por causa de toda a força que é necessária pra mandar a bolinha pro outro lado. Andam querendo até proibir que a mulherada grite.

Só pra ter uma noção, se liga no vídeo de uma partida entre a Sharapova e a Azarenka, duas delicinhas...err...digo tenistas que exageram da gritaria. E essa partida nem foi em quadra fechada.



É verdade que é um pouco irritante. Mas eu fico pensando essa mulherada num quarto de motel. Os vizinhos de quarto iam achar que ou o cara tá matando uma cabrita ou ele tem o peru do tamanho de um trem. Ou talvez esteja comendo a mina com uma britadeira. Iria irritar também. Ou estimular os casais vizinhos. Sei lá. Só sei que seria barulhento.

Melhor de tudo foi ler o trecho da entrevista da Vanessa Menga, ex-tenista gostosinha brasileira, que já posou pelada na Playboy e tudo mais.


"Eu já me irritei várias vezes, e se não se concentrar perde o ponto. Não acho [que deva ocorrer a proibição]. Tem que deixar cada um livre para jogar da forma que gostam” afirma Menga, que admite também ter usado do artifício. “Quanto mais cansada, mais barulho eu fazia (risos)”.

Sou só eu, ou vocês pensaram besteira também?

Um comentário:

Senador disse...

deixa a mulherada gemer... esse é o plus do tennis feminino...