domingo, 30 de maio de 2010

Brasil x Argentina

Copa do Mundo esta chegando e aquela velha rusga entre Brasil e Argentina volta a aflorar. A rivalidade histórica com nosso hermanos é uma das rivalidades mais antigas e grandiosas do futebol. Faz tanta parte do futebol quanto a bola.

Mas as vezes acho que o brasileiro se importa mais em zoar com o argentino e esquece de apoiar a sua própria seleção. Tem gente que eu acho que assistirá a Copa mais pra torcer contra a Argentina do que a favor do Brasil.

O maior exemplo disso são as propagandas esse ano. Quantas propagandas com tema de Copa você assistiu esse mês tirando sarro de argentino? Bom, vou lembrar algumas aqui. Tem a da Skol, a da latinha da Skol e da Netshoes, por exemplo. Sempre tirando os argentinos de tontos.

Agora, pára um pouquinho e assiste esse comercial da TyC Sports da Argentina e me diz o que você acha.


Então, o que você prefere? Um comercialzinho que fica tirando sarro dos seus rivais de maneira engraçadinha ou um outro que destaque o que o futebol do seu país tem de melhor, que dá raça. que dá moral à sua seleção? Eu não sei vocês, mas esse comercial da TyC me deixa arrepiado. A chuva de papel no estádio esta entre uma das coisas mais surreais que já vi num estádio. E o melhor é que a maioria das coisas que são faladas no comercial (boas ou ruins) acontecem aqui no Brasil também.

A gente não é tão diferente dos nosso vizinhos porteños. Eles são 3° mundo como a gente e amam futebol mais que tudo como nós. A única diferença no caso do futebol é fato de que lá, a seleção tem torcida. O argentino torce pro seu país do mesmo jeito que torce pro seu clube ou time. Por isso digo, sem vergonha nenhuma que, quando eu for pra Copa (sim, eu vou na Copa), no primeiro jogo que eu vou assistir, que é Argentina x Nigéria, eu já sei pra quem eu vou torcer. E foda-se a rivalidade.

E queria que nossos comerciais de Copa fossem todos assim. Seria bem melhor.

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Que nome dar pra periquita?


Ah, você já se pegou falando sacanagens com alguma guria e, na hora de dar nome aos bois, o bicho pegou? Você se empolgou e lançou um "buceta", com todas as vogais e consoantes, e espantou a garota, que soltou um "nossa, que nome feio! Seu grosso!".

Bom, filhotinho de rato, você sofre de um problema que abate 99% dos machos pra carilha. Como chamar o zona erógena de sua senhorita/namorada/esposa/peguete. Pois, meu amigo, você nunca vai agradar 100%. Charanha é vulgar ao máximo, perereca é de criança, vagina é de médico, princesa é cafona demais. Então do que chamar a xoxota de sua companheira? Ninguém sabe. Nem a sua senhorita.

Eu já perguntei pra várias meninas e mulheres, e nenhuma delas soube me dar uma resposta firme e concreta. Algumas deram até nomes próprios para as suas xaninhas, para o meu espanto.

Não entendo a razão disso ser tão complicado. Só para ter uma noção, nesse post eu falei nove nomes diferentes, sem repetir, cada vez que falei do capô de Fusca (décima!). E o repertório esta longe do final. Canoinha, baratinha, peteca, pixoxoca, diamante negro, bacurinha, prexeca e por aí vai. A lista não tem fim. E nenhum desses nomes serve pra chamar a boca do Golfinho de maneira a não causar polêmica.

O certo então é chegar na região sem puxar assunto? Nada de ficar batendo palma na porta e gritando "ô de casa!". Chego à conclusão que é pra chegar entrando mesmo. Assim não rola essa polêmica.

O mais engraçado que na contra mão disso tudo, o pinto ninguém liga do que é chamado. Isso prova que nós, homens, temos um desligamento exemplar pra algumas coisas. Só não pode chamar de nomes no diminutivo, por razões óbvias. Se a mulherada seguisse esse exemplo, a gente poderia chamar a vulva até de casa do caralho que não ia ter problema nenhum.

Enquanto isso, só nos resta ficar na dúvida mesmo.

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Etiqueta de macho pra carilha!

Não somos machistas, somos machos pra carilha, mas não tem como não postar a imagem abaixo. Tantas regras para lavar uma blusa... isso não é serviço de homem. SENSACIONAL! Deveria de ser padrão esse tipo de etiqueta.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Quando a gente vira hominho!

Estava pensando aqui sobre quando eu me vi como homem crescido. Sabe, o primeiro momento em que pensei como sujeito macho pra carilha. Me lembro que não foi de uma hora pra outra, que houveram etapas que foram sendo cumpridas no passar de minha infância e adolescência pueril.

E comecei a enumerar essas etapas. E vi que eram muitas. Nas minhas contas, eram 7. E completando a sétima você pode se sentir homem completo, sensato e boçal. Vamos enumerar as etapas pra ver se você se encaixa no perfil.

1ª Etapa - Mijar e fazer espuma

Pronto, moleque!!! Você deixou de ser criança. Foi tirar a água do joelho e fez aquela espuma de responsa que só seu pai conseguia fazer quando mijava. Essa é a primeira etapa, quando você já tem pressão suficiente no pinto ou altura suficiente pra causar o efeito cachoeira no vaso. (PS.: Espuma demais pode ser sintoma de doença. Se você está mijando e fazendo mais espuma que Omo Dupla Ação, procure um médico!).

2ª Etapa - Armou a primeira barraca

Não, esta etapa não tem nada a ver com acampar. E sim com ereção. Você estava lá, brincando na piscina com sua priminha que comeu frango demais na infância quando ela, de maneira sensual demais pra alguém daquela idade, resolve mergulhar. Entra cabeça n'água, ombrinho, costinha e, finalmente, aparece o bumbum e ele, o figueiredo. TUIM!!! Armou a barraca e não vai poder sair da piscina tão cedo. Pois bem, meu amiguinho, isto é tesão e faz parte da segunda etapa. E você passou!


3ª Etapa - Descabelando o palhaço

Você esta lá, tomando seu banho, feliz e contente quando vai lavar o seu pinto. "Tem que lavar direito, se não ele vai cair" - foi o que disse sua mãe quando você era só um menininho. Preocupado com a saúde do aparato, você está lavando a cabecinha quando sente uma sensação muito maluca. É uma cosquinha, misturado com sei lá o que. Você acabou de reparar que seu pinto não é só para mijar. E que aquilo ali é legal. E se sua mãe te pegar "brincando sozinho" no banho, diga a ela a frase padrão: "- O pinto é meu e lavo ele na velocidade que eu quiser!".

4ª Etapa - O primeiro gorfo a gente nunca esquece!

Ah, a primeira vez que você sofreu o zinabre. Bebeu demais né, filho da puta? Agora esta aí, salivando e com aquela sensação de que tem um alien bebê pronto pra nascer dentro do seu estômago. Resumindo, se fudeu! Vai vomitar e não tem escapatória. O primeiro vômito causado por bebida é um ritual básico do macho pra carilha, pois é a primeira vez que você vai mentir de verdade, pois com certeza você vai dizer "eu não bebo nunca mais". E todos nós temos certeza, amanhã você beberá.

5ª Etapa - Mão com vida própria

Você já é um danado e tá lá com sua peguetinha. Beijinho vai, beijinho vem. Quando, inconscientemente, sua mão esta apertando um peitinho e sua orelha esta quente por causa do tapa que você ainda vai levar. É natural, é do ser humano. A evolução nos deu polegares opositores que possibilitaram o homem pegar coisas. Não vamos decepcionar a natureza, vamos pegar alguma coisa. E que sejam peitinhos.


6ª Etapa - O primeiro empurrão

Bom, nem preciso dizer muita coisa se você acompanha o blog. Senão, leia aqui ó. O empurrão vai garantir a sua primeira laranjada e isso é um passo para a fase seguinte.

7ª Etapa - Botou pra dentro

Você sobreviveu a 6 etapas. Fez espuma pra caraleo na vida, se masturbou a valer assistindo estática, bebeu e vomitou tantas vezes que nem se lembra, apertou tantos peitinhos que até Deus duvida. Agora, chegou a vez de você ser recompensado por tudo isso na sua vida. Você finalmente vai se dar bem. Você vai transar. Que legal, que maravilha, que emocionante e não vai durar mais que 5 minutos. Você vai estar tão emocionado que vai queimar a largada. É, mas você se recupera logo e com a prática vem a perfeição.

E essas são as 7 etapas que eu consegui lembrar. Lógico que existem outras, como a primeira vez que você viu uma calcinha ou saiu na mão com alguém e depois ficou rindo de si mesmo ou dirigiu um carro. Essas fazem parte também, mas acho que essas sete separam os homens dos meninos.

E se você não fez nenhuma dessas aí encima, relaxa. Ainda dá tempo de fazer e não precisa se apressar e nem tentar acelerar as coisas, pois tudo tem seu tempo.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Vegetarianas... não!


Tá na moda ser vegetariano. Sei lá como surgem essas coisas, mas está na moda. E sem tem algo que vai na contramão de machos pra carilha é o conceito do vegetariano. Tu não come carne. Como assim não come carne? A vida de um macho é constituída da tríade da felicidade que inclui: alimentação (bebidas), esportes (futebol, F-1, etc.) e mulheres. No primeira perna da tríade, a alimentação (que inclui bebidas), como item obrigatório temos as carnes. Não existe vida sem carne! Como não comer aquela carne sangrando, como não comer tanto numa churrascaria ao ponto de quase morrer? Como não querer colocar bacon em tudo? Como não pedir a porção - sensata - de calabresa fritinha com cebola no boteco? Como não comer aquele sanduba de pernil na porta do estádio? Como não filar aquela feijoada nervosa? COMO?

Esse mundo está perdido!

Partimos então do princípio que comer carnes é coisa de macho. Consideramos então que mulheres podem ser vegetarianas. Complicado. Como agradar uma vegetariana? Tu namora uma moça vegan e se fode. Tem churrasco da molecada e a mina empata. Tem umas que simplesmente não querem ver ou sentir o cheiro de carne. Rodízio de carne, nem pensar! Pedir pizza pra comer a noite... só de queijo... e olhe lá, porque derivados do leite não orna! Natal e ano novo com a família, nem pensar em chama-la pra tradicional ceia, afinal, ela não quer bicho morto na mesa. Brochante! Não tem como agradar.

A verdade é que namorar uma vegan é uma baita duma roubada... você nunca vai agradar, sempre vai se foder para achar algum programa gastronômico para o casal, vai gastar feito um filho de uma puta, porque esses restaurantes vegetarianos apesar de tudo são descolados e moderninhos e cobram caro pra caralho um prato de alface... ou seja, fuja! Encontre uma moça que bate uma feijoada com você no sábado sem dó no coração e coma a costelinha, a bisteca e destrua na cerne seca!

E se perguntar não ofende: vegetariana faz boquete? Afinal, o pau é de carne e parece uma linguiça...

domingo, 23 de maio de 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Futebol no estádio é coisa de macho


Sou torcedor santista fanático. Associado ao clube, vou praticamente a todos os jogos na Vila Belmiro e os possíveis em São Paulo. Faço isso há uns 15 anos e não canso. Adoro o clima de jogo, o clima de festa, ver os amigos... é um típico evento de macho pra carilha. Em dias de jogos você já acorda e a primeira coisa que pensa (depois de pensar na ereção matinal) é: "Hoje o meu time joga e eu irei!". Coloca a camisa do clube, vai pro estádio, pára na barraca de sanduba de pernil, manda dois pra dentro - afinal, macho que é macho come muito e não se importa se é saudável ou não. Vale pedir um capricho no vinagrete. Toma uma cervejinha gelada com os amigos do estádio, comenta a rodada, pode se coçar sem problemas, paga cerveja e espera vir um desconhecido encher o seu copo ali no barzinho da esquina e cái pra dentro do estádio.

Dentro do estádio as coisas são diferentes. Você pode xingar, gritar, gesticular... uma pena mesmo é a cerveja sem álcool. Como isso faz mal para o organismo! Na Vila Belmiro, se tu é sócio e conhece o porteiro, ele deixa você sair no intervalo pra tomar duas e depois voltar tranquilamente. Mas o bacana de ver jogo em estádio é a parceria entre os machos pra carilha. Tu pode ser um senador e abraçar e conversar com flanelinha ao seu lado como se ele fosse seu melhor amigo de 5 minutos atrás. Saiu aquele grito de gol que estava entalado na garganta? Grite gol, suba no alambrado, abrace todo mundo, todos são irmãos... vale até abraçar o policial que está ali, só pra tomar conta da galera.

Se o seu time ganha, empata ou perde, na saída tem aquela cervejinha pra fazer o debate bola, emenda uma pizzaria com os brothers pra ver os gols na TV do restaurante e discutir os lances da partida. Depois disso é só voltar pra casa após mais um evento de macho, se sentindo macho pra carilha com propriedade.

Por falar em futebol, aproveitarei para divulgar o blog Bigorrilhas F.C. que escrevo com um amigo são paulino (André) e em breve teremos um corintiano (Chris) e um palmeirense (ainda procurando um com coragem). Acesse e leiam, afinal, futebol é coisa de macho: http://www.bigorrilhas.com.br

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Catarro de macho


Macho que é macho catarra. Não tem história, todo macho tem sua catarrada, é como um marca digital, cada um tem a sua, com o seu som, tonalidade, volume, intensidade e teor. Descobri isso com 25 anos, quando entrei no meu trampo. Uma empresa em que tem homens de todas as idades. Quando entrava no banheiro para mijar, escutava aquela sinfonia de "RRRRRRRRRRRRR... TCHU!" ou "RRRRRRRRRROOOOAAAAAARRRRR... TCHI!". Alguns tinham preliminares maiores, outros era mais diretos e de todos os dias ouvindo isso, já sabia quem estava no banheiro pelos sons dos catarros!

Não recomendo ninguém sair por aí catarrando na rua, isso é falta de cidadania. Quer catarrar, encontre um lixo ou um banheiro, mas desenvolva... desenvolva a sua identidade de catarro e assuma para sempre.

A minha técnica é simples: eu dou uma puxada que trinca os músculos do pescoço, sugo até a traquéia, faço "RRRRRRRRRRRRRRR" puxando pra boca e solto. Ás vezes não sobe de primeira, quando o catarro está muito viscoso, ae a puxada tem que ser repetida até vir. Bacana mesmo é quando o catarro sai de forma involuntária. Certa vez meu irmão (aquele, do vídeo da Caracu com ovo) conversando comigo, tossiu e lançou uma ostra no monitor do computador. Esses valem mais.

A verdade é que por mais que as mulheres reclamem, achem nojento, soltar um catarro é uma forma de "auto limpeza". É melhor solta-lo do que engoli-lo, pois às vezes, dependendo do nível da ostra criada, vale até por uma refeição.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

Dica de cerveja!

Depois da Caracu com gema de ovo, por que não falar de duas cervejas pretas? Uma delas é a própria Caracu.

O que falar de uma cerveja que tinha o slogan assim: "Pra quem não come mel, mas mastiga abelha!". Tem coisa mais macho pra carilha que isso?

Eu confesso que nunca tinha bebido Caracu, até sábado, antes do Lucas beber ela com gema de ovo. Mas me parece uma cerveja agradável, com gosto de malte torrado e levemente adocicada. O gosto no final não é dos mais agradáveis, mas dá pra aguentar.

Mas ela é o cúmulo da machisse carilheza. Alias, ela chegou a patrocinar ele, o Touro Bandido, galã de novela e um dos touros mais difíceis de montar nos rodeios (hoje já deve ter virado churrasco). O slogan e o logo também são um exemplo disso. Pra quem segue essa filosofia, tem que experimentar.


A outra preta é a Xingú.

A Xingú todo mundo já conhece. Ela está presente em quase todo bar por aí. É uma boa preta da FEMSA, que foge da tradicional preferência brazuca pelas loirinhas geladas. Refrescante como as suas priminhas amarelinhas, ela se difere por ter um pouquinho do gostinho de malte torrado e caramelo.

Isso é bom, pois ela é um espelho de seu slogan, "saia do óbvio". E pra quem nunca tomou uma cerveja gringa ou gourmet, ela é um começo em marcha lenta pra introduzir você a novos sabores.

Gabaritada pra isso a Xingu já está, pois recentemente foi reconhecida internacionalmente como a melhor cerveja escura do mundo (eu discordo) pelo Baverage Institute Tasting of Chicago e por sua qualidade pelo International Taste & Quality Institute, na Bélgica. Não é mole, não!

Abaixo segue um dos filmes de uma campanha da Xingu que eu acho bem legal. Ah, o barman é aqui de Santos e fez faculdade com a minha irmã.


Beba com moderação. Ou não.

terça-feira, 11 de maio de 2010

3D tá na moda


Pois é, agora é tudo 3D. Filmes em 3D, caros pra caralho, todo mundo fazendo fila pra assistir, TVs da Sony em 3D e logo em seguida a própria Sony anunciou uma atualização nos consoles de Playstation 3 para rodar jogos nesse estilo, obivamente em TVs que têm essa tecnologia.

Mas não podemos achar que tudo em terceira dimensão é bacana. Quando teve a corrida de Formula Indy em São Paulo, a Bandeirantes mostrou um camarote VIP que ostentava TVs 3D, para os telespectadores assistirem com óculos os carros em três dimensões. PORRA! Quer coisa mais 3D do que a vida real!? Filho da puta tá no circuito, ali, na frente dele e vai olhar a porra de uma TV para assistir com um óculos chato na cara? Já falaram que os jogos do Brasil na Copa do mundo serão transmitidos em 3D em alguns cinemas.

Isso é coisa de mulher! Jogo de futebol não é pra comentar "Olha a bola quase pegou na minha cara!". Jogo de futebol é pra ser visto taticamente, entendendo o desenho da partida, tomando cerveja e não achando bonito e tridimensional. Quer ver em 3D? Vá pro estádio, vagabundo! Não tem nada mais 3D do que o estádio!

Mas não é que Hugh Hefner, o dono da revista Playboy, nos surpreendeu novamente!? A edição de junho da revista masculina "Playboy" nos Estados Unidos traz como principal novidade o encarte de óculos para ver páginas em 3D. "O que as pessoas mais querem ver em 3D? Provavelmente, uma mulher nua", justifica Hugh Hefner.

Visionário! Aí sim vejo vantagem!

"E que tal pornô em 3D?"

NEM FODENDO! Iria ser um tal de neguinho se abaixando na hora da esporrada final! Tô fora!

Sujeito Macho

O primeiro post de hoje (terá outro) é pra fazer uma "propaganda" de um blog bem bacana, que segue a filosofia do Macho pra Carilha. Estou falando do "Sujeito Macho" que aborda temas parecidos com o nosso e sempre dá as caras por aqui para comentar nossos posts.

Recomendo muito a visita... muito bacana e bem macho! Coisa de sujeito macho pra carilha.

O endereço é: http://sujeitomacho.blogspot.com

domingo, 9 de maio de 2010

Bebida de Macho por Lucas

Pois é, ontem tivemos umas festa boa e meu irmão, Lucas, nos brindou com uma ótima bebida, um drink de macho pra carilha. Pessoas alcoolizadas, cozinha, álcool e ovo, dá nisso. Quem narra o vídeo todo sou eu, Senador. Bom apetite!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Calça errada...

Queria escrever um post sobre essas calças fininhas e floridas que as moças estão usando atualmente, mas não sei o nome. Queria ilustrar, etc. , mas para isso, preciso sabe o nome dessa desgraça. Fêmeas pra Carilha... qual o nome dessa calça?

Enfim, tentei procurar no Google e não achei, mas sem querer achei outra calça, deveras er... divertida também. Você moça, quando for conhecer a sua sogra, recomendo usar uma dessas calças abaixo. Com certeza agradará...


Aguardo o nome da calça florida... alguém? Alguém?

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Bicho de macho!

Queridos, it's me! Carudo, very drunk again!
E isso ai, o carudo muy burracho agora vai escrever um textinho...
meio besta, mais a iniciativa e boa!
Cara todo macho pra carilha, tem o seu fiel escudeiro! Sim aquele bixo que o acompanha, que voce arregaca ele na porrada, que voce arrebenta ele e ele te morde!

Cara, minha namorada compro um gato. Sim agora ela pode cuidar de 9 vidas! Da minha, da dela e das 7 do gato! Quem sabe ela nao me deixa em paz? kkkk
Agora falando serio ela compro um gato!
Quais os argumentos dela? "Ah amor, o gato nao faz sujeira, nao caga nem mija fora do potinho, nao late, e mais quieto, e mais limpo"
Ah vai toma no cu!
Se voce quer um bixo que nao faz sujeira, nao late, nao lambe, nao pula nao faz porra nenhuma? Compra um peixe caralho!
Gato e coisa de viado!


Porra olha isso!? Nao da vontade de bicar essa porra?
O barato do cachorro e o que? Voce da uns murro na fuca do bixo, o bixo ve e arregaca sua mao na mordida e fica assim! Voce chega do trampo ele vem correndo, pula em voce, suja sua calca de barro e bosta que ele rolo o dia todo!Bebe qualquer merda que voce derruba no chao, inclusive cerveja! Quem nunca deu breja pro cachorro num churrasco? Aff e direto isso!
E cachorro que eu falo nao e aqueles rato que fica latindo o dia inteiro, sei la como escreve! Poodle, chiwawa, essas merda ai! Da vontade de bica e chuta a cabeca!
Cachorro tem que ser de porte medio pra cima, grande, que late pra caralho e nao deixa a vizinhanca durmi!

Caralho eu realmente fico perguntando, pra que ter uma merda de um gato? Ate o ato dele e de viadao! O gato nao "late" o gato "ronrona"! Imagina "Aiiiiiii olha que lindo meu gato ronronando"?
Ahhhhh va a merda! Ronronar? Porra verbo de viado! Eu nunca usei isso na vida! Se um dia meu filho falar "Pai quero um gato por que ele ronrona" eu vo arrebenta ele na cabeca!
Como diz o fefo, e falta de vara de marmelo!

Entao queridos machos pra carilha, se voces querem um fiel escudeiro, peguem um de verdade, nao um que va ronronar, que nao vai te suja de terra, que nao vai pula te suja de bosta te lambe e acorda a vizinhanca inteira!

Segue ai uns bixo de macho pra carilha!



terça-feira, 4 de maio de 2010

Hipnose...

Não sei o que toca, estou sem som no computador, mas o vídeo é de hipnose.

Dica de Glen-Glen!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Assistindo estática...

Infelizmente, nem tudo que é bom nessa vida vem de graça. E uma dessas coisas é o canal de sacanagem da televisão por assinatura. Lógico que hoje em dia, com internet comendo solta, a putaria ficou muito mais acessível, mas na minha infância e adolescência era bem mais difícil descascar a banana vendo algo mais sapeca. Ou se contentava com as Garotas do Fantástico, ou tinha que se virar. E se você tinha tv à cabo, você se virarava com a imaginação.


Quem teve tv à cabo nos anos 90 sabe do que eu estou falando. Seu pai, aquele pilantra, se não comprava os tais canais com a putaria comendo solta, colocava a chavinha que bloqueava a diversão. Aí você tinha que se contentar com ela a estática.

Você sabia que ali, atrás daquela bagunça toda, tava rolando a maior putaria. Quando a sacanagem estava mais de boa, você até conseguia ver alguém pelado, quem sabe até uma chupetinha você conseguia ver as vezes, mas bem de leve. Mas quando começa o in/out, a estática virava uma zona da moléstia e você não enxergava mais porcaria nenhuma. Mas era aí que você ficava danadão, pois sabia que tava rolando a sem vergonhice.

Era foda essa época aí. Exercício fudido de criatividade. E era uma missão perigo das mais doidas também. O que sua mãe ou pai iriam pensar se pegassem seu filhotinho querido com a mão na linguiça assistindo estática na televisão? No mínimo que você era doido e precisava de internação.

Se você não entendeu merda nenhuma do que eu falando, eu vou colocar aqui um exemplo ilustrado pra você ver o exemplo. Atrás dessa imagem aí embaixo, te um cara mandando ver numa japinha (eu sei que tem pois fui eu que editei a imagem). Vê se você consegue ver.


Viu? Na imagem, dá até pra ver um mamilo e é, claramente, a posição do frango assado de costas com mortal carpado e parafuso. Se você não está vendo isso, você não tem o dom da criatividade adquirido por todos os jovens que tiveram que se virar nos anos 90.

Então, se você tem filhos e um dia desses pegar ele vendo estática, pode ter certeza que ele estava fazendo danadice. Mas não se preocupe. Afinal das contas, imagine comigo que, assim como um filhotinho de cachorro que gosta de chinchar pernas, seu filho ou filha está praticando para o futuro. Nada muito sério. Nada que precise interná-lo.

As aventuras de carudo,na terra da rainha!

Queridos...
vou contar uma aventura quentinha aqui, que aconteceu ontem!
Passamos a semana inteira, pensando em fazer algo no domingo, pois aqui hoje e feriado ( todo feriado muda pra segunda automaticamente, lindo ne?) Eu como um bom macho pra carilha ja falei pra todo mundo, podexa que eu organizo um churrascao bem veiudo!
Anunciei pra gringaiada: Domingao, na casa do carudo, churrascao de arrebenta a boca, a la brazuca, e voces vao conhecer aquela, a picanha!
Comprei 7 kilos de carne, 4 de picanha e 3 de linguica...a linguica aqui e estranha pra caralho, e meia marrom, parece aquelas carne arabe, uma tremenda bosta rs
O churrascao comeco, e a negada comecou a chegar!
O combinado era: vamo faze o churrascao, ate umas 7 h depois vamo pro walkabout, um pub que tem banda de pop rock ao vivo todo domingo, e a galera q foi pra uma balada de manha chamada The Church a fantasia, vai direto pra la! ( sim sao duas "baladas" uma de manha das 11 as 16 e outra a tarde das 18 as 23 no domingo rs )
Bom breja vai, breja vem, vodka, caipirinha...a alema que mora com a gente ja pediu pra gente coloca "aquela da garrafa" e colocamo e todo mundo ralo na bokinha da garrafa, coisa fina!
E o pior, os europeu e meu amigo colombiano pediram aquela " bate forte o tambor" hauhauhauahuahuah eles realmente conehcem essa! huahuahua

Bom so me lembro que foi chegando gente, ai acenderam um do capeta e eu dei dois tapas...pronto...
Eu ja nao lembro de mais nada!
Eu sei que compramo mais 5 vodkas...e mais 4 vinhos... e pegamo o buzao pro walkabout!
tem fotos, depois eu posto aki, eu morri no buzao! tem foto de todo mundo me zuando, colocando dedo na minah orelha, no meu nariz...eu durmi no ombro de um maluco la que tava no churras, namorado de uma menina que eu conheco!
Bom, eu sei que quando me dei por mim, eu estava no HYDE PARK, sozinho de noite apavorado, perdido, com 500 ligacoes no meu celular perdida!
Meus amigos todos me ligaram! Perguntando como eu tinah sumido, que eu fui na porta do walkabout e sumi! Que o Caio tinah sido preso de algema e o caralho, e que eu tinha sumido.
Pelo q eu intendi foi o seguinte, eu desci no walk about, peguei um metro nao sei por que, e peguei o primeiro buz que eu vi na frente, ai fui parar no hyde park =/
eu tava apavorado!
eu saia batendo berrando por que eu tava bebado, nao conseguia pedi informacao, nao conseguia fala, e nao achava a direcao que o 98 pra eu ir pra casa passava
eu fikei meia hora andando, numa praca, ate raciocinar qual a direcao era a da minha casa ( e voces sabem que aqui, e tudo ao contrario, devez em qdo da uma pane na cabeca, ainda mais bebado e macaxerado rs)
Bom eu sei que eu cheguei em casa uma meia noite, o povo chego uma meia noite e meia me contando do Caio preso de algema e teve que pagar 80 pounds pra ser liberado! ninguem sabe o motivo da prisao do individuo...

Foi disisperador, bebado, no escuro, num parque num lugar que voce nao conehce com todas as ruas iguais casas iguais e sem saber a direcao de casa =/

nao quero isso nem pro meu pior inimigo...