quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Elas olham o pacote

Essa é uma das grandes dúvidas que pululam as mentes dos machos pra carilha. Você encontra uma mina, ela tá com uma calca agarradinha, tu olha aqui, olha ali e quando tem a oportunidade, dá aquela espiadinha ali na frente, pra ver encontra uma patinha de camelo dando sopa. Tu tá na academia, treinando, as moças estão ali no chão, de quatro, fazendo os exercícios de glúteos com os apoios no chão, dando aqueles coicinhos com calça de lycra, tu por acaso tá passando atrás... não tem com não dar aquela espiada e ver se pinta um Big Mac suculento, com dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola e picles num pão sem gergelim. Se tiver gergelim, fuja, é fria... possíveis verrugas, sinal de DST!

Mas voltando ao assunto... se pra homens, tecnicamente não muda em nada ver o camel toe da mulher, para as mulheres, ver o pacote do homem é esquema, afinal de contas, o que sempre comentam é que afinal, tamanho é documento! Então para as mulheres analisarem a pacoteira de um homem é importante. Embora a grande maioria negue, sempre dão aquela conferida pra ver se tem um pacote lá, se tem um volume. Tu macho pra carilha, repare no busão ou no metrô, por exemplo. Parou em pé em frente a alguma mulher que tá sentada, ela dá uma de migué, olha pra lá, pra cá e de repente encara a cobra! Aproveite e pergunte para as suas amiguinhas, na moral: "e ae, tu tá uma espiada no pacote?".

Mas não fique preocupado, tem dias e dias... no inverno é comum tu conviver com 3 bolas dentro da sua cueca, então nada de colocar uma meia ou uma banana lá dentro. Mulherada olha o pacote, mas sabe que o cidadão ali dentro pode mudar de tamanho de forma espantosa em questão de segundos.

Mas elas olham! E não adianta virem aqui comentar que não olham!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Desafio de domingo!

Encontre uma lata de cerveja Budweiser na foto abaixo:

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O medo feminino do abraço

Você vem sem maldade alguma dar um abraço naquela sua amiga que não encontra há muito tempo. Braços abertos, coração quente, sorriso no rosto... dá aquele abraço honesto e a filha da puta te abraça em cima e fica a 12km de distância da barriga pra baixo, protegendo a cintura e coxas. É algo que passa batido no dia a dia, mas é maldade que vem delas e não de nós, machos pra carilha. Mesmo porque o gostoso de um abraço feminino é sentir as tetálias das moças no seu peito. Não que você faça esse gesto carinhoso pensando nisso, mas não dá para não sentir.

Mas o que será que passa na cabeça da mulher? "Ah, esse filho da puta que me abraçar só pra encostar o pinto em mim! Se encostar na minha xana, será pior ainda!".

Porra, ou chega dando um abraço honesto e sem medo de ser feliz (e sem medo de uma rola roçar você de leve) ou então dê um aperto de mão ou apenas um beijinho no rosto, sem contato algum. Somos machos, até podemos ser levemente pervertidos, mas não somos filhos das putas, mesmo porque abraçamos nossos brothers, abraçamos aquele maluco no estádio que está sem camisa, suado e que tu nunca viu na vida, abraçamos aquela tia que tem bigode, 60 anos e um puta cabelo preto tingido, que mais parece o Gene Simons... e tudo sem maldade, obviamente.

Sabemos que o Macho Pra Carilha é frequentado por moças, então para evitar essa filha da putagem por parte de vocês, vai aqui abaixo um manual simples, ensinando o abraço honesto.

Modo correCto: reparem que apenas uma linha tênue (branca, para ilustrar) separa o casal. É um abraço gostoso, carinhoso... reparem até que a moça está contente em sentir o piu-piu do rapaz, mesmo que sem maldade nenhuma.


Modo incorreCto: ok, não achei uma foto boa de homem sendo abraçado na cabreiragem por uma mulher, mas achei a foto de um tigre abraçando um maluco dessa forma. Reparem que o tigre não quer contato com o pênis do cidadão e preserva a distância de segurança (na imagem, o triângulo preto representa essa área da discórdia). Esse tigre não é amigo, esse tigre não dá abraço honesto e merece levar um tiro e entrar em extinção, raça desgraçada do caralho!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Vampiro já foi coisa de macho.

O Senador estava falando dessa onda de vampiro que infesta a mídia atualmente. Bom, vampiros são a moda da vez. É Crepúsculo pra cá, The Vampire Diares pra cá. Um bando de vampiro emo gótico, que anda na luz do sol e queima a arruela. Pra piorar, só se tivesse remake de Buffy, a Caça Vampiros.
Aí eu me lembro que antigamente a pegada dessas coisas do além no cinema, TV e HQs era muito mais legal. Era mais sujo, sensual, mais tosco e engraçado. Vampiro sempre foi algo lascivo, beirando o erotismo. Vale lembrar a vampira mais sensual que já existiu na arte, a Vampirella.
Ela é, sem sombra de dúvidas, a vampira mais gostosa dos gibis. Com um maiô pra lá de danado e louquinha pra chupar (pescoços).
No cinema também a parada era bem mais bacana. Um Drinque no Inferno, repleto de mulheres gostosas (entre elas, Salma Rayek) que viram vampiras e o couro come, com quase todo mundo morrendo. Tarantino's style!!!
E ela, que não era vampira mas se vestia como uma Vampirella, a Elvira!!!
Ah, Elvira e suas vastas tetas e cabelão maluco. Eu me lembro bem, e eu ainda era só um capetinha em forma de guri. A Elvira era uma bruxa pra lá de gostosa (ignora o cabelo!), protagonista de um filme bem trash, mas engraçadão sobre as trevas.
Mas o melhor da Elvira está nesse vídeo aqui debaixo. Não perca seu precioso tempo e vá direto 6:25min. Você não vai se arrepender!


Viu? Não se arrependeu né? Proeza ignorante, ela rodar uma teta pra cada lado, e fazendo cara de sexy ainda por cima!!!
E assim era o mundo das trevas no passado. Hoje é essa coisa melequenta e emo. Pelo menos ainda temos essas coisas boas pra lembrar as vezes, felizmente. Vida longa a Vampirella, Elvira e Salma Rayek!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Robert Pattinson: o Ricky da rodada

Tá na moda essa história de vampiros. E enche os bagos... filme de vampiro, seriado de vampiro, propagadas de vampiros, livros de vampiros, cadernos escolares com capas de vampiros. Quando essa porra virou febre? Culpa desses Crepusculos eu imagino. Certa vez Soutodoloko escreveu que tu só assiste Crepusculo se estiver com uma mina e for come-la depois, pois haja saco!

E o pior é que eu vi algum filme de Vampiro quando moleque e os vampiros não eram essas porras góticas-emos que são hoje em dia. Hoje os vampiros são uma espécie de Dave Navarro emos. E a mulherada gosta disso, o que comprova a teoria de que a juventude está toda invertida. Quando eu falo que na minha época os roqueiros eram malvados e hoje os roqueiros são uns afrescalhados, segue a mesma linha de pensamento para vampiros.

A moda é ser menina, ter cabeilinho, olharzinho sofrido, usar maquiagem... e dar a bunda. Porra!

Pra completar, leio a notícia que pra mim não é novidade alguma... peguei a minha plaquinha aqui e levantei, com os dizeres: "EU JÁ SABIA!"

Contrariando sua fama de galã, Robert Pattinson declarou, após um ensaio fotográfico para a edição de março da revista “Details”, que é “alérgico a vaginas”. Nas imagens, o ator aparece ao lado de uma modelo nua.

“Eu realmente odeio vaginas”, disse o protagonista da saga “Crepúsculo”. “Só de ensaio foram 12 horas, das quais cinco ou seis, essas meninas ficaram nuas... Graças a Deus, eu estava de ressaca”, completou.


Por essas e outras, depois do Jesus Luz, agora é a vez de Robert Pattinson levar o prêmio "Ricky da Rodada".


Em tempo: descobri que sou alérgio a camarão. Mas se eu fosse alergico a estádio de futebol, cerveja ou vaginas, eu me mataria. Pra que viver?

Dica do artigo: Regiane

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Bolsa feminina: uma invenção de macho pra carilha!

Engana-se quem pensa que quem inventou a bolsa feminina foi uma mulher. Do mesmo jeito está enganado quem pensa que machos pra carilha não se interessam por bolsas femininas. Pois saiba você, amigo macho, que a bolsa feminina é um dos acessórios mais machos que existe!

É um porre quando você sai com a sua mina e ela decide ver bolsas. 400 bolsas idênticas e a fila da puta olha uma por uma "Ai que linda!" ou "Essa tem um compartimento a mais!". FODA-SE, sempre socam tudo lá dentro, no mesmo compartimento e quando pedem para tu pegar a chave de casa, nem fodendo que tu acha. E no desespero você vira aquela merda na mesa e descobre que ela carrega um monte de lixo e coisas desnecessárias.

Já fiquei com raiva só de pensar nessa situação, mas fiquei contente em lembrar da situação que descreverei agora: as bolsas são bacanas, principalmente as bolsas com uma alça só. Aaaah, como dizer que quem fez essa porra não foi um macho!? "Vou fazer essa merda com uma alça só... economizarei e de quebra as minas colocarão isso entre os peitos, deixando-os bem definidos para nós vermos". TANAM! É alegria no coração! No metrô é um festival de bolsas com alça no meio dos peitos. E chegam aquelas meninas com 20 aninhos cheirando a leite, com aquelas tetálias madurinhas que mais lembram mangas daquelas graúdas que tu só quer saber de chupa-las e se lambuzar inteiro e... digo, digo... enfim, e a porra da alça separa os dois seios como Moisés separou o Mar Morto Vermelho. Vai cada um prum lado e fica bem definido, com a alça no meio. E os machos conseguem ver as duas formas perfeitas, bonitas e saborosas.

Procurei na internet alguma foto para ilustrar a situação, mas o máximo que eu encontrei foi a foto de um jogador do Flamengo usando uma porra de uma bolsa desse modo!

E o filho da puta ainda está usando uma camiseta rosa! Não contente com a bolsa dividindo os seios ele ainda está com uma camiseta rosa! Reza a lenda que o São Paulo já está de olho nesse jogador.

Brincadeiras à parte, resolvi então usar a minha técnica apurada em desenhos e fiz uma bolsa. Escolhi uma moça aleatória... por acaso, Sabrina Boing-Boing, para ilustrar como funciona essa técnica milenar das mamálias divididas por alça de bolsa. De quebra ainda descobri que a Sabrina tem uma tatuagem com o meu "nome" ali perto da esfiha... vejam lá "SENADOR".

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Roubaram nossa idéia!

No mês passado escrevi falando sobre a falta de conhecimento da Vitoria's Secret em fazer cremes de sabores que não despertam nada nos homens. Se você não se lembra do artigo ou se não leu, confira no link - http://carilha.blogspot.com/2010/01/vitorias-secret-nos-sabores-errados.html

Pois então... roubaram nossa idéia! O site da revista Época comentou o lançamento por de um gloss sabor cerveja, por parte de uma empresa italiana!

"Os italianos apaixonados terão um motivo a mais para dirigir com responsabilidade neste Valentine's Day, o dia dos namorados comemorado dia 14 de fevereiro em diversos países. Um gloss sabor cerveja acaba de ser lançado na Itália, com o objetivo de deixar o gostinho da bebida mesmo nos lábios dos casais que não ingerirem uma gota de álcool."

Pois é... vamos ver se lançarão agora o gloss sabor bacon, costela ao ponto e principalmente gloss sabor buceta. Quero ver a mulherada usando esse!

Dica: Dri Latorre queimando

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Dica de cerveja!

E eu não disse que todo santo mês ia ter duas dicas de cerveja aqui nessa bodega? Pois é, filhotinho, cá estou eu, para surpreendê-los novamente com duas novas dicas de cerveja. Aí sim!
Carnaval tá chegando e este calor fela da puta que nos desidrata pede cerveja. E muita cerveja. Muito churrasco, muita alegria e suor demais. Tem que ter cerveja é lei.
Aí, pra você que vai fazer o churrascão, chamar aquele bando de amigos e um monte de gostosa pra nadar na piscina, eu recomendarei uma cerveja low price.

Cerveza Pilsen

Criativa essa cerveja uruguaia né? Em vez de inventarem um nome, eles colocaram o nome do tipo da cerveja nela e foda-se. Coisa de macho pra carilha. Bom, a Pilsen não é a mais barata de todas, mas entre suas primas uruguaias é a mais refrescante. E para carnaval, churrasco pra uma galera, nada mais justo que uma cerveja refrescante que vem em 1 litrão. Ow yeah! Pra quem presta mais atenção no gosto, ela tem um sabor bem de leve de banana (se você não liga, nem vai sentir isso).
Agora, se você vai ficar de boa em casa, no ar-condicionado com a namorada ou uma gostosinha qualquer, vendo o desfile pela TV, eu tenho outra dica. Vou te dar um dica pra você impressionar a gatinha e ficar bem na fita.

Bavaria Blond 8.6
Holandesa com certeza, a Bavaria Blond é uma delícia. Forte e encorpada demais para esses dias de calor (mas se você tá no ar-condicionado, é só tacar o "foda-se"), ela tem o sabor adocicado, com gostinho bem evidente de fruta e mel. Ah, e dá pra sentir o álcool dela também, naipe licor. Afinal, é que o melhor de tudo, são 7,9% de álcool. Aí filhotinho, é comprar um queijo, ligar o ar-condicionado, embebedar a guria e partir pro abraço.
E é isso aí. Duas dicas, uma barata e outra nem tanto. Agora, faça sua escolha...saúde!!!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Prendendo a respiração

Paola Oliveira deu uma ajeitadinha no maiô e... vai dizer que quando tu vê uma foto dessas não fica um silêncio? Tu não ouve nada, nem respira...

Foto da Globo.com

Músicas para meter

Esqueça aqueles discos que a Som Livre vendia de madrugada, com propagandas intermináveis. Nada de "Love Songs", "Músicas Para Fazer Amor" ou coisas do gênero. Se pensou em Michael Bolton com "When a Man Loves a Woman" tu merece apanhar e mudar de blog. E se pensou em Barry White... ahm, ok, o cara sabia das coisas, mas não é disso que estamos falando.

Estamos falando de músicas para meter, nada de amor, dormir junto, carinho e conchinha. Fiz uma breve pesquisa na minha cabeça, perguntei para alguns machos pra carilhas e pra algumas machas pra carilhas e consegui uma listinha interessante.

Em primeiro lugar, disparado como mais safados e mais bacanas para isso estão as bandas de Hard Rock. Simplismente porque tais bandas pregam isso! E de tantas bandas, o Whitesnake é campeão mundial de músicas para foder. Duvida? Confira "Slide It In":



E agora confira "Slow 'an Easy":



Só música de putaria... e a discografia deles é recheada desse tipo de músicas. Na pesquisa citaram Type O' Negative (mencionaram "Be my Druidess"), Aerosmith (olha o Hard Rock aí!) e Jane's Addiction.

Para algo mais selvagem citaram Rammstein, Slipknot e Deftones, sendo que dessa última banda, duas pessoas desconhecidas citaram a mesma música "Change". Pela coincidência sexual, achei justo colocar para conferirem abaixo:



É... soa como putaria mesmo. E já que é putaria no ápice, não dá para não citar o projeto de Mike Patton (vocal do Faith No More) chamado Lovage. O álbum "Music to Make Love to Your Old Lady" só fala disso, de temas sexuais, tabus, putarias num clima deveras sacana. Vale a pena conferir e usa-lo em uma orgia com putinhas relaxadas de faculdades. Confiram o clássico "Sex (I'm a)". Muito recomendado, abaixo: