quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A Calcinha


Ah, a calcinha. A calcinha é a última barreira que separa o homem (ou a mulher, pois o mundo anda muito moderno) da alegria total. Fina barreira de algodão, seda ou polyester.

Hoje no Twitter rolou uma modinha de um tal de Lingerie Day. Aquelas babaquices do Twitter, mas essa pelo menos nos valeu de alguma coisa. Pois várias twitteiras resolveram postar fotos de calçolinha!!! Ow yeah!!! E a gente, cuecas de plantão, ficamos só ali, de butuca.

Foi bom, pois aí lembrei de como são diversificadas as calcinhas. De vários tipos, tecidos, formatos e cores. Uma beleza, mostrando tanto, mas deixando o mais importante cobertinho. É calcinha pra cada gosto e tudo mais.

Eu, por exemplo, gosto de calcinhas daquelas estilo de menininha, de bichinho. Eu acho tudo de bom with laser e pirotecnia. É muito bom, pois se a menina usa uma calcinha dessas, ela faz o tipo santinha, mas se você está ali, vendo a calcinha dela, pronto pra tirar a tal da calcinha, sinal que ela nem é tão santinha assim. Isso me deixa doido doidão!!! Mas não nego uma calcinha ao estilo femme fatale também não. Comigo sempre tem jogo.

Mas algumas vezes a gente se depara com aqueles coadores de café das antigas. É foda, a mina é mó gata e você tira a calça dela e TCHAM!!! uma calçola da vovó aparece. Porra, tira o tesão de qualquer um, uma calcinha do tamanho do bandeirão da Fiel. Foda é tu sair do motel na pressa e, de tão grande que é a calcinha, você confundir com sua cueca boxer. Aí é f...é foda!

Alias, dá pra saber se a guria foi pro arrebento na balada só por causa de qual calcinha ela tá usando. Um amigo uma vez disse que quando ele abraça a guria, e ela tá de vestido, dá aquela passada de mão imperceptível durante o abraço só pra ver o tamanho da calcinha. Por exemplo: Calcinha de vó? Essa só veio passear, não quer jogo. Cordãozinho? Essa quer negócio, tá na ofensiva. Não sentiu calcinha alguma? Essa já chegou com o jogo ganho, pronta pra matar.

E fora esses tipos de calcinha supra citados, temos milhares de outros. De oncinha, de rendinha, de lacinho, cordão cheiroso, com zíper e poraí vai. E sinceramente, tanto faz, o que importa é o que vem debaixo. Mas aproveitem aí embaixo algumas calcinhas pra alegrar o dia, ao som de Kátia Flávia. "Alô Polícia!!! Eu tô usando...um exocet...CALCINHA!!!".




terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Vai uma saradinha aí?

Nada como pegar aquela moça durinha, saradinha, com barriga tanquinho, peitinho durinho e bumbum durinho. Moças que treinam, se alimentam direito, tomam suprimentos, puxam ferro pra caramba é o que mais tem hoje em dia.... e todos gostam. Mas e aí, vocês iriam nas três moças abaixo? Ou é demais?

Na real, sr. Senador iria nas três! Fácil!

Juju assinou a minha Playboy

Conforme noticiamos mês passado, Deus ouviu as nossas preces e Juju, também conhecida como Juju Salimeni, foi capa da edição da revista Playboy de janeiro de 2010. Como bom macho pra carilha, nada mais justo sair e conferir a cidadã de perto e ver qualé que é.

Gente fina, simpática e uma ignorância de mulher que não tem fim! Se pegar as minhas duas coxas e soma-las, não dá uma coxa da criança. E olha que eu não sou dos mais finos! Deu pra dar aquela abraçadinha na hora da foto, pegar na cintura e sentir o bom cheiro da moça.

Tá ae, foto da minha edição da Pleibói assinada! "Fernando (sou eu, Senador!), Bju Juju (com um coraçãozinho). Outro beijo, Juju. No coração!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Vitoria's Secret nos "sabores" errados!


É meio que padrão, moda, ou sei lá o que, mas todas as mulheres de classe média pra cima acabam usando aqueles cremes corporais da marca Vitoria's Secret. Se algum neguinho vai pro exterior e avisa as amigas, já era: Fazem aquela lista chata de cremes e mais cremes da VS para comprar no Free Shop. E fazem estoque, pedem, 10, 20 frascos dessa desgraça para garantir até o próximo amigo(a) ir para o exterior novamente.

E é um festival de sabores que eu nem me lembro... chocolate, baunilha, maçã e sei lá mais quais. Se você vai a alguma balada a noite, é um festival de cheiros desse creme. Misturando baunilha com chocolate, morango, parece que fizeram um merengue gigante e colocaram na balada. E se a mulher tá usando essa parada no corpo é porque tá querendo! Sabe que se pegar um macho pra carilha ele vai dar aquela cafuganda cafajeste no pescoço e vai comentar "Wow, que cheiro bom... lembra da minha infância!". Claro que lembra... doces e frutas! E se passa o creme pela barriga, coxas, peitos, aí já era. Como diria a minha mãe: "Vai tê!".

Mas eu acho que quem inventou esse creme não deve entender muito do funcionamento das coisas. Mulher quer usar creme gostosinho, refrescante, com cheirinho de quero mais. Maçã verde, morango, frutas vermelhas, cacau, etc. Mulheres brincavam de Ursinhos Carinhosos, Meu Pequeno Pônei e Moranguinho quando eram pequenas e todos esses brinquedos tinham esse cheirinho de chiclete Babaloo. E trasferiram esses odores para os cremes femininos para agrada-las.

Mas o erro está aí! Se você voltar e ler novamente o meu testículo, concluirá que se a moça tá passando esses cremes da Vitoria's Secret pelo corpo é porque "Vai tê!". E se "Vai tê", a não ser que a mina curta um velcro, quem ela deveria de agradar seriam os homens (os machos pra carilha!) e não elas mesmas. E eu me pergunto: cadê os machos na VS para pensarem nisso? Homem não gosta de cheiro de frutas vermelhas nem maçã. Homem nem caipirinha dessas porras toma! Tem que ser com limão e pinga! Então porque não fazem os VS para as mulheres usarem e conquistarem os homens? Tão faltando os produtos Vitoria's Secret Cerveja, Vitoria's Secret Bacon, Vitoria's Secret Costela de Porco ao Ponto e principalmente: Vitoria's Secret Buceta.

Já pensou, tu na baladinha, xavecando a mina dá aquela encostada e sente aquele cheirinho de bacon no pescoço dela!? Não tem como não dar uma mordidinha! E vale lembrar que a versão (ou sabor, ou odor, sei lá!) VS Buceta seria recomendada só para as moças realmente necessitadas ou as mais safadas. A mina iria andar na balada e teria uma fila de machos atrás, tipo cachorra vira-lata no cio, passeando pelas ruas.

Acessem o site da VS - www.vitoriassecret.com - e exijam esses novos sabores! Com certeza, com esses nossos argumentos, nos levarão a sério!

Nem queria colocar fotos dos cremes, então mandei duas fotos dos desfiles da VS que são realmente bons e esses sim, feitos para machos pra carilha.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Solange Gomes posa com fantasia de Carnaval

O Brasil é essa beleza... só aqui que no Carnaval a putaria fica banalizada e liberada. A modelo ou sejá o que for, Solange Gomes usará a fantasia de Enfermeira no Carnaval desse ano. Não sei quanto a vocês, mas eu gostei muito! Sei que vai ter sindicato das enfermeiras reclamando, bla bla bla, mas seria tão bom um dia chegar a um hospital e ser atendido por uma enfermeira assim... seria praticamente um vídeo do Motley Crue!


quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Lingerie do Dr. Rey

Esse dr. Rey é o maior fanfarrão da praça. O cara é um danadão, mas agora ele se superou. Ele lançou uma lingerie redutora de medidas pra mulherada ficar com o corpo modelado e pronto pro arrebento. E ele sabe das coisas, pois ó a modelo que ele usa na propaganda.


Definitivamente ele sabe das coisas. E essa modelo não precisa de lingerie nenhuma. Alias, ela deveria aparecer lá em casa um dia desses pra eu tirar essa lingerie dela...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Gina Carano! Vá Gina!

Tu tá lá na balada, todo danado, tomando sua cerveja e tromba com um grupo de três amigas bêbadas. A morena é gatinha, gostosa, toda atletinha. Você se aproxima, solta uma gracinha, ela ignora, você solta outra gracinha, ela pede pra ir embora... mas você é macho pra carilha, encosta nela e ela pede para você não encostar, alegando que numa próxima vez, quebrará seu braço.

Essa morena gata e gostosa vai quebrar meu braço!? Pfffff... e tu encosta nela denovo...

Gina Carano é uma atleta MMA, ou seja, é dessas lutadoras de "vale tudo" de octogano, de se arrebentar e arrebentar as outras moças. A peculiaridade dela é que a moça é gata, bonitona e os estadosunidenses adoram criar heróis (ou heroínas!) assim. A moça tem um bom retrospecto de lutas, é gatona e virou febre nos EUA.

Quando estava 7 vitórias em 7 lutas, Gina enfrentou a brasileira Cristiane Cyborg, em agosto de 2009. A brasileira finalizou a luta ainda no 1o. round e deixou a bela Carano com um derrota.

Chupa Carano! Infelizmente a Cyborg não é das mais gatas... então vamos apreciar mais umas fotos dessa lutadora e lembre-se bem. Numa próxima balada, se a moça pedir pra tu sair fora, saia, não enrole. Ela pode te quebrar.



Nessas fotos abaixo ela tava mais louca do que Batman!




E um vídeozinho em HD da moça...


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Peixe buceta

Dia desses eu pesco um peixe desse e como cru mesmo, tipo sashimi!

Dica de cerveja!

Ah, a cerveja!!! Onde há cerveja, há alegria ou vice-versa. Desde os tempos do egípcios, dos gregos e dos romanos, a cerveja tem sido uma grande pedida, seja qual for o motivo para a bebedeira. Um casamento, uma vitória ou simplesmente um encontro entre amigos.

A cerveja é a bebida oficial do macho pra carilha. O líquido dourado que nos é dado ao final de cada semana como recompensa pelas intermináveis horas de trabalho árduo e cansativo.

Por isso, seu mequetrefe de uma figa, que eu, o mais cervejeiro deste blog, vou dar duas dicas de cerveja por mês pra você fazer bonito no boteco. Uma dica será de uma cerveja mais barata e a outra de uma cerveja mais sofisticada. O que importa é que ambas as duas dicas eu já terei bebido e falarei com propriedade do assunto. Ok?

Então lá vai. Primeiramente vamos falar da cerveja pé de boi, a low price se você preferir.

Chopp Claro Atlas

Ah, essa aqui é foda. A Atlas é uma cervejaria de Vinhedo, interior de São Paulo, que fazia chopp (e ainda faz). Aí resolveu fazer uma breja engarrafada. Essa breja, ao primeiro olhar assusta pra caceta. Ela vem numa garrafa pet, de plástico, naipe aquelas de Guaraná Antarctica. Você olha e tem quase a certeza que é uma merda. Mas vou te falar a verdade, não é uma merda não. E até que é bom. Refrescante, não perde muito pra umas Itaipavas e Brahmas da vida. Diria eu que combina com ele, o torresminho.

Delirium Tremens
Agora essa aqui é top de linha. Da Bélgica vem a Delirium Tremens. Essa é famosa pelo elefante rosa que leva na marca. O rótulo também é bem doidão, tem um jacaré, um dragão e o elefantinho. Um delírio tremendo, como diz o nome. Confira na foto.

<<span class=

A cerveja em si é ótima, uma das melhores que já tomei. Dourada para ambâr e com bolhas constantes, ela possui um sabor frutado que se torna levemente metálico (calma, isso não é nada ruim, só o nome que assusta) no final do gole. Muito boa mesmo. Recomendo, apesar de seu preço ser algo meio proibitivo. Uma long neck dela não sai por menos de 25 reais. Encara? Vale a pena, hein.

E é isso. Mês que vem dou mais duas dicas de breja pra vocês, seus alcolistas.

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Kappa, uma marca de macho pra carilha!

Antes que perguntem, não, não é um post pago, não é um post propaganda. Não estamos recebendo NADA da Kappa, empresa italiana de material esportivo. Aliás, eu até gostava das camisas de futebol de anos atrás, mas agora o material deles aqui no Brasil ficou mais fraco, mais fino e o acabamento está pior na minha opinião.

Enfim, o assunto é o logo da Kappa. Olha lá, um carinha pelado, de costas para uma moça pelada. Parece que houve uma discussão de relacionamento. Um não quer ver a cara do outro não sei por qual motivo. Mas o que interessa é que ambos estão pelados (ou com uma roupa muito justa!) e ela ainda aguenta ele de alguma forma, pois está indignada, mas está lá com ele. Talvez ele tenha ficado puto com ela, porque ela perguntou porque dois jogadores no futebol podiam pegar a bola com as mãos e os outros não. Ou então ela tá puta com ele porque ele não quis passar o domingo na casa da sogra, aquela velha chata que só sabe fazer fofocas e aquele cuzcuz cheio de sardinhas, ruim demais! Ou então de repente ela tá puta com ele, porque ele contou que quando tinha 6 anos, assistiu a prima dela - deveras gostosa - tomar banho e ainda pensa nisso até os dias de hoje, antes de dormir.

É um logotipo macho, isso é fato, pelo simples fato da mina estar pelada com o carinha. Vai ter, ou já teve! Mas tem aquela mensagem subliminar clássica! Experimente "cortar" a parte de cima do logotipo e você terá uma bela surpresa. Ok, se você não tem coordenação de cortar a imagem com o dedo, tampando a parte de cima do logo no seu monitor, vou facilitar pra você:

Tanam! O que temos aí? Pois é meu amigo macho pra carilha, temos um logotipo melhor do que antes. Nem precisa ter uma imaginação de Bruna Surfistinha pra ver uma mulher bem danada de pernas abertas, pronta pro abate. Além de ser um logo bacana e macho, quando cortado pela metade, fica mais macho pra carilha ainda!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Cadê a perereca?!?

Tenho sentido um movimento forte para o fim da perereca. A perereca que tanto é nossa amiga e que é sempre receptiva nas horas de lazer está sendo deixada de lado pelo mundo artístico, social e político. Onde está a perereca?!?
Pois vou dizer uma coisa. Ontem, fui na banca comprar a Playboy da Juju do Pânico, aquela delícia. Precisava conferir a gostosura da guria (e que gostosura). Chegando na agência, abri a revista com meus companheiros de trabalho e fomos conferir a nudez da delícia em forma de mulher. Uma delícia, uma maravilha. Mas, depois do frenesi de ver uma guria tão gata, reparei que não tinha muita foto da perereca carequinha da moça.
Onde estava a perereca da Juju? Tava ali, pois apareceu em algumas fotos, mas sempre tímida. Meio de ladinho, nada que dê AQUELE tesão. E pra piorar, nos outros ensaios da revista as pererecas foram deixadas de lado também. A primeira guria até aparece, mas muito de leve. E a segunda eu nem sei se tem perereca, pois não teve foto de nu na região dos Países Baixos.
Poxa, o que foi que a perereca fez pro mundo?!? Ele que sempre esteve lá, presente, engolindo coisas que até Deus duvida. Coitada da perereca.
Pra piorar, nessa semana deu a notícia que muito me espantou. A Angela Bismarchi, também conhecida como travecão freak, resolveu fechar a porta da frente. É, fechar a perereca. Arrancou as bordinhas da perereca pra poder desfilar peladona no carnaval do Rio. Aí eu fico imaginando como ficou isso. Deve tá parecendo uma boneca Barbie, um manequim. Bizarrão!!!
Fico preocupado com essa situação, com esse desprezo pela perereca. Poxa, eu não quero pegar uma guria na balada, levar pro meu apartamento e baixar as calças dela e não ver a perereca. Elas são a alegria da humanidade. Salvem as pererecas!!! Tomara que elas não saiam de moda.

Duas imagens valem mais do que 1000 palavras


quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Moças: sejam como a Lily Allen!

Dia desses tava zapeando e parei no Multishow HD, aquele canal que só passa shows. E estava passando uma apresentação da inglesa Lily Allen. Até acho legalzinho o som dela, mas parei mesmo porque a moça ostentava um shorts bem curto e estava com umas pernas bem apresentáveis. Aliás, uma bela coxaria. E fiquei olhando e pensando "Que porra é a Lily Allen?".

Direto aparece na internet, revistas e tvs fotos da garota pagando peitinho aqui, bêbada ali ou mostrando a calcinha lá. E sempre achei a moça esquisita. Conclui que ela não se dá bem com fotos, pois em vídeo é melhor. Em todo caso ela tem um "plus" que as moças medianas como ela é, deveriam de ter: ela é danada! Pois é, se tu não ajuda, se tu é "mediana", tu tem que ter um plus. Já passei em vários supermercados e fui atendido em caixas, lojas e bancos por Lily Allens... o que mais tem são moças com o estilo da Lily Allen, mas passam batidas porque não se ajudam.

A dica do dia para as moças medianas é: sejam danadas! Esse é o plus vai ajudar muito. Tem que colocar o fone de ouvido por debaixo da roupa no metrô, utilize a técnica Lily Allen:

Está usando alguma calcinha bacana embaixo daquele seu vestido legalzinho? Mostre pros seus amigos! Se tu não mostrar ninguém vai ver mesmo!

Vai atravessar a rua e precisa da ajuda de um amigo? Deixe ele te segurar pelos peitos, afinal, é o lugar mais seguro, macio para ele e natural!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

A hora de encapar o menino...

Tu tá no esfrega aqui, pega ali, passa a mão lá, coloca a boca aqui, com uma moça bacana, tudo indo muito bem, aquele clima de que tu vai tirar a cueca... e tira a cueca, ela tira a calcinha, de repente o porrete fica de frente para a porta da esperança, pronto para entrar e então por um lapso de sanidade você e a garota pensam ao mesmo tempo: "a camisinha!".

E rola aquela momento de anti clima. Cadê essa porra de camisinha!? Lembra que está na carteira que está no bolso da calça. Mas cadê a calça? Sai procurando pelo quarto, encontra calça do avesso embaixo da cama, a carteira emperrada não consegue sair do bolso, tu tremendo, suando a moça falando "Vem me comer", tu pega a carteira, procura a capinha de pau, derruba os cartões de crédito no chão, sai correndo, volta pra cama... e ainda tem que abrir aquela embalagem difícil. Tu com a mão cheia caldo de buceta tem que abrir aquilo! Aquele pacotinho só não é mais dificil de abrir do que aquelas embalagens de plástico que envolvem os CDs. Mas tudo bem, abre com os dentes e quando vai olhar, seu pinto já tá todo estressado, meia bomba e chateado.

Camisinha é um anti-clima do cacete! Literalmente! O cacete fica triste, precisa recomeçar, mas a sua cabeça já estava em outro estágio. E depois que a moça te reanima, chega a hora de encapar a criança. E como é ruim passar aquela argola de borracha da camisinha pelo capacete do menino: tu vai desenrolando e de repente... PLUF... a argola encaixa logo abaixo da cabeçola. Tu faz um esforço herculano para tirar dali, sente um dor do caralho (literalmente²), já no stress, pouco se fodendo bate uma vontade de tirar a camisinha, joga-la pela janela comer a mina desencapado, pegar AIDS, ter filhos gêmeos, cancro mole, crista de galo e tudo mais, só para não ter que passar por isso novamente.

As mulheres não sabem como é tenso ser macho pra carilha. George Constanza sabe...

domingo, 3 de janeiro de 2010

A resistência feminina matinal

Pois como um passe de mágica, tu acorda e o seu amigo lá de baixo está animado e acordado antes de você. Pronto para mais um dia, pronto para mais uma batalha. E você não teve sonho de putaria nem nada, seu corpo é assim, acorda e vem ela, a ereção matinal. Pelo o que eu sei, a pitomba fica dura por boa parte da noite, conforme artigo retirado do IG:

"Nosso sono tem algumas fases e uma delas, que é quando sonhamos, é chamada de REM Rapid Eye Movement, ou Movimento Rápido dos Olhos, no bom e velho português. É nessa fase que você tem a ereção, que não é só matinal, mas acontece a noite toda – perceba que não é só o olho que anda se movendo nessa hora do sono! Esse tipo de sono acontece entre três e cinco vezes por noite e dura de 5 a 15 minutos, tempo que pode durar a ereção."

E você acorda "querendo", com a barraca armada e a moça ao lado, cheirosinha, lisinha, tu dá aquele abraço já mostrando que tu tá pronto para fazer o pênalti e toma cartão vermelho. "Nah... agora não...!".

É a natureza, é o extinto, é o homem vs. natureza, é a procriação, é a sobrevivência da espécie, é a salsicha dentro do pão! E as mulheres com um resmungo simples de "Nah, agora não...", acabam com anos e anos de evolução! Bom mesmo era no tempo das cavernas: o homem dava uma paulada no coco da cidadã e ela entendia o recado. Pelo menos é assim nas histórias do Piteco... mas me parecia adequado. E você com a barraca armada, no velho estilo "Homem Beringela" assiste a moçoila ao seu lado dormir feito uma anjinha.

Depois quando ela acorda, ela até pode querer fazer alguma coisa e você como um bom macho pra carilha não nega, mas não tem como... quando você acorda "no veneno", pronto pra luta, deveria de ser bem recebido pela patroa. Deveria de existir uma lei proibindo as parceiras de negarem o cutuco - sagrado - matinal do macho recém acordado.

Pois mulheres, se vocês querem agradar seu macho, se querem ve-los felizes assistindo Crepúsculo com vocês no dia seguinte sem reclamar, quando sentirem o cutuco e o chamado de manhã, aceitem. Afinal, a performance matinal sempre é digna de filme... pornô.

sábado, 2 de janeiro de 2010

Feliz Ano Novo chuvoso!

Esse post era pra sair antes do Ano Novo, mas eu tinha quer dar um cochilo durante o dia pra poder curtir a noite inteira. Aí chegou o dia 1° de janeiro, eu tive que dormir denovo para reunir forças novamente. Bom saber que já passei 70% de 2010 dormindo por enquanto.
Mas então, o Ano Novo! A festa da virada, a renovação dos votos. Aquela palhaçada de sempre. E se você é um sujeito que mora em uma cidade grande de praia, assim como eu, sabe a merda que fica a cidade. Cheia de turistas, acaba a cerveja nos bares, o gelo, não tem mais vaga. Uma bosta.
Mas vale a festa. A comilança e a bebedeira. Ver os parentes, notar que aquela prima tá gostosa demais, que seu tio continua só falando de putaria. É super bacana isso. E depois de tudo isso, a galera vai para a praia, esperar os fogos e pular ondinhas. Que beleza!
Então, você resolve olhar pro céu e vê que vai cair uma bela de chuva. Vai estragar os fogos, vai te molhar inteiro...e isso é problema? Bom, é problema se você pensa pequeno. Pare e pense. Olhe a sua volta e veja aquele monte de danadinha de vestido branco, camisetinha branca. Aquela gostosa da sua vizinha, que você trombou na praia, ali de branco. Sua prima maravilha de branco. E vai chover. Sabe o que é isso? Concurso garota camisa molhada de graça pra todo mundo ver.

Então, meu amiguinho, por mais que parece que 2009 tenha sido uma merda pra você (pra mim não foi, mas beleza), pelo menos no último dia do ano, São Pedro olhou pra você e disse: "- Vou dar um agrado pra esse filho da puta!" E ele te deu a visão de peitos e calcinhas de presente.
Pois é, filhote. Feliz Ano Novo e, como diz aquela música inglesa, always look on the bright side of life...tchiru tchiru tchiru tchiru!