terça-feira, 17 de novembro de 2009

É tudo por elas...

Machos pra carilhas e moças que nos acompanham... não adianta negar, a vida dos homens é totalmente dedicada a conquistar mulheres. Sempre defendi essa teoria, mas achei bacana verificar se isso ocorre em todas as faixas etárias masculinas e pelo jeito, sim, o homem é movido por mulheres.

"Desde os tempos mais primórdios", como diriam Hermes & Renato, quando você era apenas um menino do pintinho pelado e da voz fina, na escola, tu queria sempre dar um jeito de chamar atenção daquela mocinha precoce, que tinha um quadrizlinho mais largo e uns peitinhos de carocinhos muito mais evidentes do que os das demais coleguinhas. Tu puxava os cabelos dela, levantava a sainha, falava besteira. Putz... parece que o tempo passa e nada muda! Tô com 30 anos e puxo os cabelos, levanto as saias e falo merda pra elas.

Mas enfim, voltando ao assunto...

A vida do homem é voltada a pegar mulher. Quando crianças ou adolescentes não temos muito o que fazer, temos que impressionar com o que somos... se joga bola bem, joga bola no recreio e faz gols pras menininhas assistirem. Mas depois que fica mais velho tu começa a trabalhar para ganhar dinheiro e você junta dinheiro para poder ir a um bar bacana e pegar mulheres, ou arruma dinheiro para ir a um restaurante bom, pagar um jantar para a moça que tu quer comer e impressiona-la. Tu junta uma puta grana para comprar um carro, para socar de mulheres lá dentro escutando Motley Crüe, compra um apê só seu pra batiza-lo de "marmita" (quem entra é comida!). Neguinho faz academia, se arrebenta no treino, puxa ferro, come direito, sua a camisa para ficar mais apresentável para o que? Pegar mulher.

E como disse no começo do texto, isso não tem idade. Amigos meus de 50 e poucos anos (que já são avós) estão na mesma pegada, os moleques de 16 anos, os de 20, 30, 40 anos... tudo no mesmo objetivo. A verdade é que a vida de um macho pra carilha é simples e focada... toda grana que o cara arruma na vida, tem que ser torrada em mulheres ou cerveja. O resto é desperdiçado.

4 comentários:

Soutodoloko disse...

Eu sigo essa filosofia. Tanto que estou aqui, quase morrendo depois do treino matinal de perna na academia.

Chris Benseler disse...

Dinheiro gasto com cerveja não é torrado. É investimento.

André disse...

Esse final me lembrou da lendária frase do falecido George Best: ""Gastei muito dinheiro com bebidas, mulheres e carros. O resto eu desperdicei"

Anônimo disse...

Eu com 45 anos e "fornecedor" (tenho duas filhas) faço tudo por elas (minhas filhas)... E pelas outras também... A gostosa do escritório, a corôa da academia, a vagaba do Metrô... e muitas outras que aparecerem...

Que venham!!!!

Baphomet.