quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Que 2010...

venha mais ou menos assim, para vocês! Muita cerveja, muitas mulheres, muito dinheiro e muito rock n' roll! Sucesso e nos vemos ano que vem!

Duas imagens valem mais do que 1000 palavras


A primeira foto dedico o meu camarada Jonas Brother.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Foda-se?

Impressionante o que tem de notícia inútil nos portais que acessamos sempre... é um monte de coisa que não interessa a ninguém! Pra que ter um portal cheio de coisas que ninguém quer saber? Macho que é macho pra carilha passa os olhos e ignora quase tudo. Quer uma prova? Vai um print de um pedaço do Terra ontem... pouco se salvava:

clique na imagem acima para ampliar.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Somos somente vibradores que abraçam!

Pois é, companheiros machos pra carilha. Nós, resumindo muito mesmo, não passamos de meros vibradores que abraçam. Meros "brinquedinhos" pra mulherada usar e abusar, com a vantagem da gente poder dar um algo mais.

Isso tudo por que a mulher hoje em dia está cada vez mais independente. Donas de si, elas trabalham melhor que os homens, cozinham melhor, dirigem melhor (há controvérsias), consomem melhor, são mais inteligentes, mais competitivas e mais pro-ativas.

Resumindo, a mulherada não precisa mais da gente não. Foi-se o tempo em que a mulherada ficava na caverna cuidando da cria enquanto o homem ia lá, na savana, matar tigre-dentes-de-sabre na mão. Vide a minha televisão nova, que pra ligar é só passar o dedo. Nada de apertar botão, passou o dedo no ícone de ligar e...PIMBA!!!...tá funfando!!! Qualquer dedinho delicado de uma mocinha pode fazer isso. Hoje tudo funciona com delicadeza.

Nem pra abrir pote de picles ou azeitona a gente serve mais. Agora tem máquina que faz isso. Como milhares de outras engenhocas que fazem nosso serviço de boçal.

A mulherada não precisa mais da gente, não. Até pra fazer filho não precisa mais. Já é possível fecundar um óvulo com genes de outra mulher. Aí, se bem me lembro das aulas de biologia, homem = XY e mulher = XX. Como o homem tá fora da jogada, só vai ter XX. Logo, a gente vai virar artigo de museu!!!

Por isso que nós, machos pra carilha, temos que ser o melhor todo dia. Tem que dar o braço a torcer e levar flor pra danada da namorada. Tem que dar presente, ser gentil, tratar com carinho. Tudo isso pra ela se tocar que a gente não é só mais um pinto, e sim um pinto que abraça. Pois pinto por pinto, tem um monte de nêgo por aí com o binguelo maior que o meu, que é apenas mediano.

Senão, filhotinho, vai ser que nem aquela música do Arnaldo Antunes, Essa Mulher.

Ela quer viver sozinha
Sem a sua companhia.
E você, ainda quer essa mulher.

Ela goza com o sabonete,
Não precisa de você.
Ela goza com a mão,
Não precisa do seu pau.

Aí, vai ser tarde demais.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Bônus de Natal




Feliz Natal!

Ho Ho Ho! Nós do blog Macho Pra Carilha desejamos a todos um Feliz Natal, com muita sáude, muita cerveja, muito Rock n' Roll e muitas danadas!

Felicidades!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Deus existe e escuta nossas preces: Salimeni na Playboy!

Reza a lenda que foi por uma mixaria... o choro é livre pra ela e a festa é livre pra nós. Em janeiro nas bancas. Presente atrasado de Natal pros machos pra carilha.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Garçom, o melhor amigo do macho pra carilha!

"Ô campeão!!! Me vê mais duas ampolas do diurético e um provolone à milanesa!"
Tal qual "abra-te, Sésamo!", essa frase aí encima é a chave para a alegria. Pois o "campeão" é o cara que resolve todos os seus problemas no lugar mais sagrado do universo, o bar.
Campeão. Chefia. Amigo. Mestre. Queridão. Rapaz. Velho. Grande. Rivaldo (ou qualquer outro nome de jogador). Ou simplesmente, garçom. Todos esses nomes, e muitos outros, estão certos na hora de chamar o cara mais querido do bar.
Mais querido por vários motivos. Afinal das contas é ele quem trás a cerveja. E se ele for bom, ele trará sempre a mais estúpida, aquela que vem trincando e com uma casca de gelo ao seu redor. Ele até te avisa se a cerveja que você pediu está gelada ou não, recomendando outra marca que está mais nos trinques. E quando ele chega com a cerveja, ele sabe servir direito, com o colarinho na medida.
Não podemos esquecer que ele também trás eles, os petiscos. Sim, senhor. E o bom garçom sempre dá a dica de um rango novo e, incrivelmente, nunca erra! E às vezes ele te trás rangos que nem tem no boteco. Ele vai no bar do lado e arranja a gororoba.
E não é só bebida e comida que ele trás. Ele trás e leva recadinhos para mesas do lado. Aquele xaveco esperto naquela mina que você está fitando a noite toda. Ele é o cupido do bar.
Em alguns bares, como aconteceu com o nosso amigo Senador no Hooters, a garçonete até enrolou a manga da camisa pra ele. Foda, né? Eles estão lá pra te tratar como rei!
Por essas e outras que o garçon é o cara. O melhor amigo no bar. Pelo menos até a hora de trazer a conta. Mas se ele for bom, ele trás umas 4 saideiras junto.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Mirella Santos, a pequena Raimunda


Mirella Santos seria descrita pelos Raimundos como a Pequena Raimunda... mas gostamos de

Pequena Raimunda (Ramona)
Raimundos

Olhe só Rodrigo,
Rodolfo, Fred e Canisso
Feia de cara mas é boa de bunda
Olhe só é a pequena Raimunda

Se ela tá indo até que dá pra enganar
Se ela tá vindo não é bom nem olhar
Ela de 4 fica maravilhosa
Na 3x4 é horrorosa

Shit, shit pequena Raimunda
Bunda de sonho a cara é um pesadelo
Shit, shit pequena Raimunda
Parece até a namorada do Telo

Quando eu a vejo eu vou correndo pro bar
Encher a cara e conseguir encarar
Ela de 4 fica maravilhosa
Essa bundinha ela vai ter que virar

Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh

Olhe só que bunitcho
Com essa menina eu dou vinte
Se assim tá feia é só virar que ela muda
Olhe só é a pequena Raimunda

Quando eu a vejo eu vou correndo pro bar
Encher a cara e conseguir encarar
Ela de 4 fica maravilhosa
Essa bundinha ela vai ter que virar

Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh a pequena Raimunda
Uuuhh

(Foto: Globo.com)

Quanto vale uma mulher?

Boa noite!!!

Estava muito tempo sem postar!! Com saudade de vocês queridos!!
Bom, quantas vezes nós, machos pra carilha não nos encontramos em um puteiro, pode ser da augusta sem vergonha, pode ser o mais caro...chegamos para uma dama da noite e perguntamos: "Quanto custa?", ela responde "R$80,00, R$100,00, R$150,00". Você pode ter duas exclamações:
- Puta que pariu, R$80,00, R$100,00, R$150,00 pra comer essa mina? Nem fudendo!
ou
- Puta que pariu, só R$80,00, R$100,00, R$150,00 pra comer essa deusa? Por quanto tempo? Demoro to subindo agora.

Sim queridos leitores, a mulher tem preço!
E dependendo da mulher, não é so o sexo não! Uma puta sem vergonha da augusta, que você paga R$50,00 e goza,com direito a apenas uma gozada ou meia hora de foda, foda-se é so o gozo mesmo. Agora quando você pega R$250,00 do seu sálario, entra em www.mclass.com.br onde tem coelinha da playboy, da sexy...aquilo não é puta, aquilo é acompanhante! Você pega o telefone da gata, vai no flat dela na paulista/moema e fica 2h com ela, gozando quantas vezes quiser, ai meu amigo, não é so gozo, é um folclore, e um clima, é um namorinho mesmo com bejo na boca e até chupada.

Posso ilustrar de outro jeito! Um dia num churrasco da facul, tem uma menina que o apelido é michael! Ela e branquinha, feinha, magrela com um bundão! Pra gente que vê todo dia ela é zuada, pra quem ve ela arrumada ela e pegavel. Meu amigo viu e falo "Aff vo nela facil" ele lógico que virou motivo de xacota....ele complemento " Eu vo, e ainda deixo R$40,00 conto pra ela!!!"

Esse papo veio por que, ontem fui ver o show da banda de um amigo meu, num barzinho show de bola ali em moema.
Sempre acompanho a banda e sei de cor quem vai nos shows...mais de repente...eu vi a namorada do meu amigo, conversando com uma loira. De verdade, aquili não existia! Pouquissimas vezes na vida vi uma mulher daquela! Meu deus do céu! Loira, loira amarela mesmo, cabelo de puta! Loirassa, olho claro...branca...bem branquinha mais não branquela, branquinha a ponto de ter os bicos do peito levemente rosado...peituda! Ahhh sim peituda! E o melhor? Não era silicone!! Não eram naturais, grandes, redondes, espetaculares! Magra! Não magrela chupada, magra com cintura fina...e o traseiro? Grande, não de quadril largo, odeio quadril largo!Quadril pequeno, com a bunda grande, empinada e redonda.
Sim eu não acreditei naquela beldade, que desfilava pra cima e pra baixo, mostrando seu lindo traseiro em frente a nossa mesa.

Olhei pro meu amigo, e falei "São José, pago R$250,00 pau AGORA". As minhas amigas da mesa começaram a rir e o São José respondeu: " R$200,00? Pago R$300,00, R$400,00!"

Sim, de verdade! Se eu tivesse sobrando, pagaria R$500,00 pila, pra ficar duas horas com ela, fazendo o que eu quiser!

Depois fui descubrir que ela era namorada de um conhecido meu, que tiro a sorte grande! Ele namorava uma japinha zuada, que deu um pé na bunda dele! Ele fico mal conheceu a loira e em uma semana tava namorando com ela...hoje eles moram juntos. Ps: Eles tão juntos a uns 2 meses só! Cara até eu casava AGORA!!

Bom, sim existe uma avaliação por parte masculina de "Quanto essa mina vale!"
Isso quando não tem aposta "Se você cume aquele dragão e sai com ele de mão dada no bar te damos R$50,00!"

Agora meninas, se olhem no espelho e pensem....quanto vocês valem???
Nós sabemos!!!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

A culpa é do frango!

Outro dia, estavámos eu e o Guima andando de carro por aí. Entre as milhares de bobagens que dizíamos um ao outro, fomos surpreendidos por duas adolescentes ali perto do Heinz, no Canal 3. As duas, no máximo com 13 ou 14 anos, já tinham um corpo de deixar muita guria de 18 anos no chinelo. Peitinho crescidinho, bundinha de responsa. Foi inevitável chegar ao seguinte assunto:

Guima: "- Caraleo! Essas minazinha novinha tão cada dia mais gostosinha, né?"
Eu: "- Culpa do frango..."
Guima: "- Hhaahahaha...culpa do frango? Thiago, tu é louco..."

Pois é. O Guima riu na hora, mas, no alto da minha loucura, eu não disse nenhuma besteira. Essas paradas que botam nos frangos hoje em dia, pra crescerem mais rápido e coisa e tal. É tudo uns frango anabolizado, com hormônios demais. Aí, as mamães das meninazinha fazem aquele fricacê de frango ou um strognoff de frango e o que acontece? Anabolizante nas minas.

Aí, é o que a gente acaba vendo na rua. As minazinhas de 13 anos com um belo par de peitos. Na minha época, na época que eu tinha essa idade, era uma tristeza. Tudas as guriazinhas eram mirradinhas, com umas tetinha muxibinha. Agora não. Tudo uma beleza.

E os muleques também. A pivetada já com bigodinho de motoboy. Tudo já achando que é gente. Só que tem um problema, essas gurias não querem dar pros muleques que só tem pêlo na cara e o cérebro do tamanho de uma ervilha. Elas querem os mais velhos e sabidos.

Foda que junto com as tetinhas, cresce a vontade de liberar a "tarraqueta". E nem sempre junto com a crescente vontade de dar cresce o senso de responsabilidade. E aí, meu irmãozinho, é pivetada engravidando.

E pra alimentar esse baby boom é necessário mais alimento. E mais frango. E o frango tem que crescer rápido. Anabolizante neles!!! Tetas crescem e o ciclo não pára.

E pra endoidar mais o sistema, a mulherada mais velha, ao ver que tá perdendo mercado para as gurias novinhas com corpinho 0km, começam a apelar pra safadeza (coisa que as novinhas sabem apelar, mas não são tão sabidas quanto as mais vividas).

Assim, o mundo vai indo. Virando uma enorme putaria, equilibrada pela raíz do problema: o frango. E quem sai ganhando? A gente, machos pra carilha!!!

Abaixo um gráfico pra elucidar as coisas.

Tabela made in Harvard

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Falso moralismo na TV não é coisa de macho pra carilha

O que aconteceu com a TV de uns tempos pra cá? De repente surgiu um falso moralismo brasileiro e ninguém mais gosta de putaria no país. Lembro dos bons tempos da banheira do Gugu, das Malandrinhas do Sérgio Malandro, da prova da camiseta molhada, da piscina de gel, moças de biquini no touro mecânico... e de repente tudo isso sumiu e no lugar colocaram um monte de matérias chatas que arrumam o barraco do cidadão, pintam o carro velho da tiazinha e encontram a mãe perdida dos filhos que moram no Triângulo Mineiro.

BBB Brasileiro não tem putaria, enfiam um monte de moças gostosas uns playboyzinhos e nada. Nos BBBs gringo o pau come literalmente, nas brigas e na sexualidade. No Brasil que todo mundo adora ficar pelado no Carnaval, nem uma punhetinha amiga no reality show.

Estive no Peru e vi a programação televisiva dos caras. Só coisa bacana. Mulheres contra homens, prova da banheira, nego assistindo um striptease e não podia disparar os batimentos cardiácos, mulheres semi nuas em uma caixa cheia de cobras, meninas adolescentes tendo a cabeça raspada em pleno palco como punição de brincadeiras. Na TVE (canal Espanhol) tinha o Gran Prix de Verano com as dançarinas danadas, no México, só putaria na TV, na América Latina inteira só coisas assim, e no Brasil, nada.

Saudades da programação vazia, porém de macho pra carilha da TV brasileira, que virou uma TV falsa, que dá zoom na buceta das moças no Carnaval e não querem que garotas de 20 anos se peguem numa piscina de gel em busca de bandeirinhas escondidas.

Isso sim é programa de TV! Se liguem nas cobrinhas marotas!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Aperte um peitinho pra tirar o stress...

Hora do barro: a hora sagrada

"Cumê, Cagá, Vivê, Fumá... São as leis da natureza e ninguém vai poder mudar". Certa vez os Raimundos disseram isso na música "Nega Jurema". E cagar é uma das boas leis da natureza. Não tem nada mais bacana do que pegar o caderno de esportes num domingo de manhã, coloca-lo debaixo do braço, ir até o banheiro e dar um belo dum cagote sem preocupação alguma: só lendo sobre a rodada, o vai e vem do mercado da bola ou os colunistas que muitas vezes escrevem o que você está fazendo no trono.

Cagar é um momento ímpar do dia, é você com você mesmo e seus pensamentos. Tem gente que gosta de ler, pensar, jogar joguinhos no celular... eu fico mandando SMSs para os amigos "Opa, tô mandando uma barreta nervosa" ou "Mermão, caguei um submarino!". Tem gente que só caga em casa... eu particularmente fico poucas horas do dia em casa, então tive que me adaptar a dando um barriolé em qualquer banheiro. Os banheiros da empresa que trabalho já são praticamente os banheiros da minha casa, pois corto o rabo do macaco muito mais vezes lá do que na minha própria casa.

E o barro é uma hora a ser respeitada, não tem coisa pior do que estar lá e alguém bater na porta, ou tocar o telefone. Vá pro inferno, é a hora boa do dia! E todo mundo já passou por apuros envolvendo o barro nosso de cada dia. Eu mesmo, uma vez, já tive que cagar num boteco deveras sujo e sem papel pois a vontade veio que veio quicando! Tive que fazer o serviço de limpeza com as meias... mas isso é história para outro dia.

Mas cagar vai de acordo com cada um, afinal, tem algumas situações que eu detesto cagar, como quando acabo de acordar (geralmente de ressaca depois de tomar algumas Brahmas na noite passada), depois do banho, quando a privada está molhada, ae fica escorregando, na casa da mulher ou quando rola a chamada ereção. Mas fora isso, o barro é a hora sagrada do dia que faz todo macho pra carilha se sentir bem e saudável.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Um quarto de século para o Soutodoloko

Pois o nosso amigo Soutodoloko que sempre nos brinda com ótimos textos, hoje completa 25 anos, também conhecidos como 1/4 de século ou então 25 verões. Desejamos a esse cidadão muita saúde, muito sucesso, muito rock n' roll, muitas mulheres e muitas cervejas.

E de presente vai duas danadas no post de aniversário!

Um quarto de século!

Hoje eu faço aniversário. São 25 anos completos de pura vida vivida.
Não é grandes coisa para quem já viveu bem mais que isso, mas pra mim que acabei de sair dos 24 anos, é um motivo de alegria incontestável. Chegar, e passar, pela emblemática idade dos 24 é foda. E fazer isso sem nunca ter dado o furico é motivo de comemoração.
Mas, brincadeira a parte, em 25 anos a gente já pode se considerar uma pessoa mais ou menos vivida e que já sabe mais das coisas do que algum tempo atrás.
Não sou mais um juvenil, que quer curtir ao máximo mas sempre acaba pisando na bola e deixando de aproveitar tudo pois foi afobado. Agora não.
Com 25 anos, a gente já sabe o que é bom. Gosta de coisas mais sofisticadas, fala coisas mais inteligentes e erra pouco. Bebe e come só coisa boa, seleciona melhor as gurias e frequenta bares melhores. Tudo isso sem perder a energia de tempos atrás e sem esquecer aquele velho boteco, da cerveja barata, do torresminho e das mulheres feias.
Em contra partida, a gente fica mais chato. Não tem mais paciência pra muita coisa, como doce da mulherada. Não perdemos tempo com conversa furada, com charminha. Quer fazer doce?Beleza, sua amiga não quer...ow yeah! A gente não perde saliva babando ovo.
E essas são as nossas vantagens contra a pivetada, contra os juvenis. Por saber o que é bom e ter a experiência de saber fazer bem feito, é que a gente larga na frente. As vezes pode nos faltar energia, mas quem acerta de primeira não precisa de energia pra ficar tentando e errando 100 vezes.
Por isso que eu digo, não estou ficando velho, estou ficando um macho pra carilha cada dia melhorado.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Um vazio dentro de nós...

Macho que é macho pra carilha gosta de domingo com futebol. Não interessa se o seu time está bem no campeonato ou se você está sofrendo, mas domingo tem que ter futebol. E de agora em diante teremos que aguentar domingos sem a desculpa para sair naqueles programas chatos da mulher... "Ah, hoje tem jogão, patroa...". Essa desculpa não funciona mais. E não adianta fingir que gosta de meia-maratona, São Silvestre... ninguém acredita nisso.

Pra fechar esse vazio da ausência do futebol, pensei nos 5 gols mais bonitos do campeonato brasileiro de 2009. Peguei os vídeos da globo.com

5o. lugar - Vagner Love, Cruzeiro x Palmeiras



4o. lugar - Neymar, Santos x Coritiba



3o. lugar - Adriano, Flamengo x Coritiba



2o. lugar - Nilmar, Corinthians x Internacional



1o. lugar - Diego Souza, Palmeiras x Atlético-MG




Concorda? Discorda? Comente!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Meninas Fantásticas querem...

Olhando essa foto das Meninas Fantásticas, no site do "programa", não consigo pensar em outra coisas... essa Meninas Fantásticas só querem UMA coisa...

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

5 anos sem Dime Darrell, um macho pra carilha

Há exatos cinco anos, um dos maiores guitarristas de todos os tempos foi estupidamente assassinado em pleno palco. No dia 8 de dezembro de 2004, Nathan Gale iniciou um tumulto no show do Damageplan e atirou no guitarrista Dime Darrel (Pantera, Damegeplan e Rebel Meets Rebel). Nathan ainda matou mais duas pessoas (um fã e funcionário da casa de shows). Mais 15 pessoas foram atingidas até que o policial James D. Niggemeyer conseguiu matar Nathan.

O mundo inteiro falou desse assassinato, que foi destaque até no Jornal Nacional, quando Arnaldo Jabor fez seu editorial mais estúpido de todos os tempos, chamando os "headbangers" de sujos e violentos.

Darrell foi enterrado em um caixão do Kiss, junto com uma guitarra de Eddie Van Halen e mais algumas garrafas de whiskey.

A música saiu perdendo com esse assassinato estúpido. Fico imaginando quantos riffs mais essa cara nos brindaria. Dime era um rapaz sossegado, que só queria saber de tomar umas e tocar sua guitarra. Era um típico macho pra carilha.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Kimbo Slice vence, mas não empolga

No evento The Ultimate Fighter de sábado para domingo, uma das lutas mais aguardadas era a de Kimbo Slice vs. Houston Alexander. Kimbo que ficou famoso por sair na mão com a galera nas ruas, valendo dinheiro e postando os vídeos no Youtube (procurem!) fez sua estréia no UFC. Numa luta meio que sem sal, o lutador de Bahamas venceu por pontos e deixou o público presente (e os que assistiam pelo PPV no mundo todo, assim como eu!) desapontados. Fiquei esperando de madrugada para ver os caras girando o 1o. round inteiro!

Mas em todo caso, UFC é coisa de macho pra carilha. E escrevi tudo isso só pra ter o pretexto de colocar a foto abaixo.

Cameltoe num nível PHD! Isso é para poucas!

Cerveja é cultura!

Quem me conhece sabe que eu sou um fanático assumido por cerveja. De uns anos para cá, eu que era um adolescente sóbrio e que não gostava de cerveja, comecei a adorar cerveja e, com o passar do tempo, fui buscando por novos tipos e sabores.
Tanto que a cerveja pra mim hoje é mais do que um simples happy hour ou um churrasquinho. Cerveja é pra quase toda ocasião, um motivo pra coleção e tudo mais.
E levo a cerveja a sério. Por isso que comprei esse livro aqui ó!!!

Isso sim é um livro de macho pra carilha. Junta cerveja, que todo mundo ama, com cultura.
É um livro muito bacana pra se ter. Ele viaja desde os primórdios, quando a cerveja foi inventada, passando por fatos históricos como a Lei Seca nos EUA, criação de Lei de Pureza da Baviera e muitas outras paradas bacanas.
Além de explicar como a cerveja é feita, quais são as grandes marcas produtoras do mundo, como e com que se deve beber uma boa e velha cerveja. Tudo com fotos pra lá de bonitas. Tem até foto de dois bares paulistanos.
Ensina até como se deve colocar a cerveja no copo. Com infográficos e tudo mais. Imagens como essas a seguir, ensinando como encher um copo com uma stout (ex. Guiness) e uma pilsen (ex. Brahma).

E isso é super bacana, pois assim podemos beber sabendo o que estamos bebendo e que ali, naquele copo, existem anos de tradição e história.
Além do mais, é um bom motivo pra você impressionar uma gatinha. Ela não gosta de cerveja? Dê pra ela um tipo de cerveja mais docinha e leve, num copo certo para aquele tipo de cerveja, pra ver se ela não muda de opinião. Usa todo aquele clima, fingindo que você sabe tudo do assunto. Quem sabe ela até muda de idéia, bebe demais e fica facinha. Maravilha!

sábado, 5 de dezembro de 2009

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras


Foi-se o tempo em que video game era coisa de nerd!!!

Cara, sempre fui nerd!
Um nerd diferente! Eu era aquele nerd que nunca estudou, sempre pois apelido em todo mundo, sempre pego mulher, sempre bebeu... Mais em casa sempre fui nerd!!!

Sou muito a vontade para falar sobre video game! Sempre fui viciado nessa merda e, quando era pequeno achei que esse vício passaria...que ilusão!

Comprei a uma semana meu playstation 3, e desde então, não tenho vida social!!! Até da minha namorada eu esqueci!!

Minha saga começou com Alex Kidd in Miracle World, de Master System, pra mim um dos melhore video games ja feito!!! Até hoje tenho ele e fico com a pistola matando os pato, embreagado!

Eu era nerd, a ponto de quando tinha 10/11 anos, quem não tivesse terminado o Legend of Zelda, a link to the past do Snes, não podia entrar na rodinha da conversa! rs

Bom, tudo isso começo quando um filha da puta, maldito invento um tal de Playstation!
A época era: Acabaram de lançar os primeiros video games de 32 bits, Super Nintendo e Mega Drive estavam ultrapassados! A moda agora era o Sega CD, Sega Saturn, 3DO, Neo Geo!
Eu tinha um 3DO, pra quem não sabe, foi o segundo video game de cd, da Panasonic! Lembra daqueles jogos de fliperama, de tiro que era filme? Todos eles eram de 3DO!

O arrombado me lançou um video game chamado Playstation!!! Pronto...revolucionou a merda dos video games! Um video game de cd, com graficos em 3D, com jogos piratas a R$ 10,00!!
Depois dele veio o Nintendo 64, revolucionario, com o dobro de bits, porém com fitas a R$120,00...

Com isso todo mundo pegou o playstation!
Muitos jogos de video game 16 bits tiveram continuação Chronno Trigger, Castelvania, Final Fantasy... Tudo agora em 3D! A mulecada ficou louca...

O unico jogo descente de futebol que existia até determinado momento, era o FIFA...bem toscão! Tinha a J. League, Prime Goal...mais nenhum se comparava menos pior fifa.

Até que um maldito, japones, nerd, desgraçado, mudou tudo isso! Até essa época, quem jogava video game era gordinho frustrado, nerd, que so batia punheta jogando True Love ( Um jogo velho de pc que você tem que comer as amigas, e perde se come seu amigo gay ). Esse japonês maldito mudo tudo! Criou um jogo de futebol japonês chamado "Winning Eleven". O jogo era bem mais difícil, dinâmico e divertido do que o FIFA, e desbancou o então "consagrado" jogo.

O Segundo passo para o video game parar de ser coisa de nerd, foi um tal de Counter Strike. Ele era um MOD de um jogo não muito conhecido ( por mais que ele ganhou varios premios de melhor jogo do ano ) Half Life...Eu, por exemplo, terminei o 1 e as expansões...e o 2 e as expansões ( faltam lançar a terceira ). A história é idiota que você é um cientista e você mistura dois mundos, um monte de bicho do outro mundo entra no teu laboratorio e toma a cidade. O legal é que a polícia e o exército querem calar todo mundo, então rola os três, monstros x você x polícia. Esse Counter Strike explodiu, inclusive com uma fase da favela do Rio de Janeiro. O jogo era o seguinte: você jogava on line, 10 polícias x 10 ladrões, em uma arena. As armas eram de verdade, e o pau torava. Você podia matar a vontade e se desse tiro na cabeça era bônus!
Isso mudou a ideia dos jogos eletrônicos! TODO MUNDO ia pra lan house joga essa merda! EU PRESENCIEI muitos maconheiros que LARGARAM a maconha por causa do counter strike!!!

Ai veio a merda do Playstation 2! Pronto...consagrou os machos no video game! Com ele veio a junção do Winning Eleven com sua "cópia" norte americana chamada Internation Pro Evolution. Essa junção criou o jogo mais divertido de futebol de todos os tempos!

O melhor, no Brasil, todo ano sai 15 versões desse jogo, com os times atualizados, campeonato brasileiro, carioca, paulista, libertadores...

Agora, veio o PS3! Acabou a vida! Wirelless, blu-ray, todos os jogos on line... e o melhor WINNING ELEVEN todo ano!!!

Muitos meninas, mais MUITOS marmanjos ficam sabado a noite, tomando cerveja e jogando essa merda!! Tem quem jogue o Guitar Hero também....eu já virei muitas noites jogando, mais nada é o Winning Eleven! Nada o supera!

Todo mundo tem, todo mundo joga! Não importa a idade! dos 8 aos 40! Todos jogam winning eleven, com cerveja, falando de mulher!!

Então, quando seu namorado falar "amor vou jogar video game com o pessoal hoje" acredite! Ele não saira de balada! Ele não te traira! Cada um comprara uma caixa de breja, e eles passaram o fim de semana todinho jogando essa merda desse futebol, que acaba com a vida social da pessoa!!

Eu achei que meu vício passaria....doce ilusão!!!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Futebol, mulher e Rock n' Roll!

"Futebol, mulher e Rock n' Roll, meu Deus como isso é bom" - Já dizia o Dr. Sin.

Outro dia um amigo meu cobrou a presença de cerveja nesses versos, mas cerveja já está atrelado a futebol, mulher e rock n' roll. Não existe futebol sem cerveja, sair com a mulherada sem cerveja e rock n' roll sem cerveja, então está tudo certo!

Mas aqui no macho pra carilha falamos de mulheres mais do que tudo, sempre que possível mencionamos rock n' roll e no futebol estamos deixando a desejar. Mas para suprir essa falha estamos indicando o novo blog de futebol sério, porque futebol é coisa séria, chamado Bigorrilhas Futebol Clube. Vale a pena visitar e ler, mesmo porque esse que vos escreve agora, escreve por lá também.

Então acesse www.bigorrilhas.com.br e acompanhe as rodadas, comentários e tudo mais... está começando, mas já está engrenando!

E como estamos no melhor dia de trabalho, a sexta-feira, deixo vocês com o clássico do Dr. Sin, "Futebol, Mulher e Rock n' Roll"... mesmo porque eta, eta, eta, eta, eta... brasileiro quer...?


quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

As mulheres e a punheta

"Ai, Soutodoloko!!! Você é um ogro!!!"
Sou um ogro sim, senhoras. E tenho teorias malhucas sobre sexo e falo abertamente sobre isso. E aí acabo sendo mal compreendido e tratado como um tarado sem vergonha danado de uma figa.
Bom, não é mentira. Eu sou tudo isso mesmo. Mas vamos ao que importa, bando de xurupitistas.
Outro dia lá na agência polemizei (adoro polemizar no trabalho) com uma teoria que tenho aí. Coisa séria, estudada por anos e comprovada pelo Massachusetts Institute of New Technology from Tangamandapio.
Olha a banana! Olha o bananeiro!
A teoria era de que mulher nenhuma nesse mundão velho sem porteira sabe bater uma boa e velha punheta. E tenho dito!
Não sabem e não tem a mínima idéia de como é pra fazer a parada direito. E não importa se ela é boa de cama e faz um sexo danado de bom. Não, senhores. Nem se ela é a rainha de cantar no microfone, que nem a Mayara do Big Brother (ah, Mayara...ê lá em casa...).
Não sabem e ponto final. Acho que é por que elas simplesmente não tem pinto pra bater umazinha. Eu tenho certeza que os homens não sabem masturbar uma mulher como ela mesmo sabe.
Mas hoje não é dia de falar de siririca. Hoje é dia de punheta (credo, que dia horrível seria isso).
E eu, como sou um cara porreta de bonzinho e quero mais é o bem da humanidade, vou dar um toque de amigo em vocês, mulheres. Pra que vocês aprendam pelo menos o que vocês estão fazendo de errado na hora de descascar a banana do seu parceiro.
Vamos ao começo.
O pinto, nem quando tá duro, é feito de pedra ou plástico. Ele é feito de carne esponjosa. E machuca. Então, cuidado ao manusear o "menino". Você não está ali pra matar ninguém e "socar umazinha" é só força de expressão. Você não precisa socar ninguém. Vá com calma.
Outra coisa importante (pelo menos no meu caso). Há homens que ainda têm o prepúcio. Sabe o que é isso? É o "capuzinho" que cobre a chapeleta, manja? Aquela pelinha que cobre a cabeça do binguelo. Tem uma mulherada aí que acha que aquilo ali pode puxar até alma. Não é não, filha da puta!!! Se puxar aquilo com força dói, e dói (literalmente) pra caralho!!! Não precisa puxar até quando travar e o cara fazer cara de dor. Puxa de buena, que só a fricção da pelinha na glande (vulgo cabeçota) já é bem prazeroso.
Unhas aparadas também são uma boa. A pele ali embaixo é tão fina quanto àquelas fatias que sua tia mão de vaca corta do bolo de aniversário da tua prima, aquela vaquinha..
Outra coisa importantíssima. Os bagos!!! Carinho nos bagos é legal, mas nem preciso dizer que ali o cuidado deve ser redobrado. Você pode namorar o cara mais boçal do mundo, mas as bolotas dele continuam sendo frágeis como uma menininha de 4 anos.
Acho que é isso. É o básico.
É só você lembrar de quando você ganhava um pintinho naquelas feiras de pets que rolavam nos antigamentes. Você tinha que segurar o bichinho com força, mas não podia botar força demais, senão matava o coitado. É mais ou menos isso. Talvez por isso pinto chama pinto. Por que pia é que não é.

Uma imagem vale mais do que 1000 palavras

domingo, 29 de novembro de 2009

Fotografaram o meu sonho!

Não sei como fizeram isso, mas fotografaram o meu sonho! Um copo gigante de Guinness (minha cerveja preferida!) e quatro moças de mini-saia xadrez! Não é possível, não sei como fizeram isso, mas fotografaram o meu sonho!

Em tempo: Um pub da Califórnia (EUA) entrou para o Guinness, livro dos recordes, ao fazer o maior copo de cerveja do mundo. O copo tem 2,44 metros de altura e comporta 1.628 litros de cerveja. Quando vazio, o copo pesa 408 quilos. O recorde foi estabelecido pelo pub Auld Dubliner.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Nicole Bahls: Photoshop é para as perdedoras!


Nicole Bahls que não ex-nora de porra nenhuma e sim uma Panicat, ao contrário do que o portal Globo insiste em falar, prova para todos que Photoshop é para as perdedoras.

Palmas para a moça que foi deveras abençoada...

PS: alguém consegue ver um cachorro preto nas fotos?

Covinhas!

Graças a campanha do decote, todo mundo sabe o quanto eu adoro um par de peitos. Como diria o Ultraje à Rigor, "peito pra dá de mamar/peito só pra enfeitar". Mas na verdade, não são só os peitos. Eu adoro as mulheres. De todos os tipos.

Deus, um cara sabido, fez muitas coisas belas. As flores, as aves, as montanhas, os oceanos, a cerveja...uma caralhada de coisa bacana. Mas um dia, depois de ter feito Adão, sabiamente Ele teve uma idéia e disse: "Hoje eu me consagro!". Ele sabia que podia melhorar aquilo.

E o Divino fez a mulher. A Eva. Toda peladona lá, uma delícia. Bumbum durinho, peitinhos firmes e arrebitados, barriguinha lisinha. Um tesão. E ele fez isso pois Adão precisava de uma companheira. Alguém que agregasse um sentido a vida daquele cara que passava dias pelAdão (percebeu?) no Paraíso sem fazer porra nenhuma.

Então, Deus, ao terminar a Eva, falou: "Vou assinar essa obra-prima!". Ele lambeu o dedo e com ele fez dois furinhos encima do belo bumbum (que dava vontade de morder) da Evita Peladita da Silva.

E eis que surgiu as...(pã pã pããããã!!!)

...COVINHAS DE BUMBUM!!!

Você, homem do sexo masculino, me entende muito bem. Aqueles furinhos são algo totalmente demais. Uma loucura! É só olha que você fica fissurado.

Tem gente que prefere chamar as covinhas de outros nomes. Tem gente que prefere chamar de apoiador de dedão. O que faz sentido. Pare pra pensar, você tá lá e ela ali, naquela posição "vem que vem que eu tô facinha". Onde botar o dedão, sem quebrar nenhum tabú? Tcharam! Nas covinhas do bumbum!!!

Já tem cara que gosta de chamar de START/SELECT. Por quê!? Ó por que...

Melhor que Winning Eleven!

O original. Ou seria o pirata?

Capitou? Por que as covinhas de bumbum são diversão. Uma alegria. Uma beleza. O jogo da vida, do sexo e da diversão a valer.

Acho que inclusive a campanha do Decote Sem Dó se aplica as covinhas. Afinal, há também decotes de costas, que muitas vezes mostram as covas ao mundo. E o mundo às covas.

Mas do que importa? O que importa é que covinhas de bumbum são muito boas. Já viu uma hoje?

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Primeiro gole!

Eu e o Senador, sempre saímos pra tomar uma cerveja. Tomamos uma(s) cerveja(as) e conversamos sobre a vida. É o nosso direito e dever de macho trabalhador, chegar na sexta-feira, sentar em uma mesa de bar e encher a mente de cerveja. E, durante essa bebericagem e comilança, ficamos lá conversando e filosofando. É lei.
A maioria das coisas escritas no meu falecido blog, e aqui no Macho Pra Carilha, surgiram durante essas conversas de bar. Teorias mirabolantes, filosofias existencialistas, mulheres, cerveja e idiotices são assuntos recorrentes.
Como só poderia ser, em um dia chegamos a criação de uma teoria sobre o primeiro gole de cerveja. O primeiríssimo! Aquele que você esperou o dia todo, a semana toda. Aí você chega no bar, pega uma mesa, chama o garçom e ele vem com ela, a cerveja. E ela vem que vem trincando. Aí o campeão enche seu copo, você brinda ("que nossas mulheres não morram viúvas!") e dá o primeiro gole.
O mundo pára!
...
Você sente as bolhinhas de gás carbono estourando na sua língua. Sente o líquido gelado descendo pela garganta, esfriando tudo, espalhando a refrescância pelo seu corpo. E você só pode fazer duas coisas nesse momento: lamber a espuma do bigode e soltar um tão esperado "AHHHHH!!!".
O sorriso abre no seu rosto, como o sol que surge em uma manhã de verão. Maravilha! É o trabalho de anos e anos recompensados em um gole. A partir dali não tem mais volta.
E foi nessa hora que criamos a teoria de que um gole de cerveja é como o exato momento em que o homem coloca a cabeça da pitomba dentro dela, a xoxota. A satisfação é quase a mesma. Entrou a cabeça, você sabe que se deu bem, não tem mais como dar errado. É a certeza que você se deu bem.
Você xavecou, você pagou jantar, você foi em balada que não gosta, você deu carona pra ela e ela mora longe pra carilha, você ficou horas na internet com papo furado, você levou ela no cinema pra ver Crepúsculo e foi na casa dela conhecer os pais dela. Mas quando a cabeçota entra, valeu tudo a pena.
A partir desse momento, você já pode contabilizar mais uma foda para o curriculum. E, no caso da cerveja e do sexo, já pode contabilizar mais um dia de alegria.
Nessa hora chegamos a conclusão que a cerveja sabe das coisas. E que o primeiro gole de cerveja é praticamente sexo. Devia tocar Barry White quando se dá o primeiro gole de cerveja.
Um brinde ao primeiro gole e a entrada da (nossa) chapeleta na xoxota alheia!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Twister... um jogo macho!

Você já ouviu falar em "Twister"? Twister é um jogo provavelmente estadosunidense bem simples: tem um "tapete" no chão com algumas bolas coloridas e você tem que girar uma roleta que indica qual parte do seu corpo (mão esquerda, mão direita, pé esquerdo ou pé direito) deve ser colocado em qual cor do tapete. (NdR.: um jogo com bolas e roleta não deve prestar muito!). Bem simples e o desafio é se equilibar em posições esdrúxulas. Aliás, quando concebido, o inventor pensou provavelmente em fazer um jogo para todas as idades e algo bem familiar.

Olha só a carinha das pessoas se divertindo na embalagem... mas olhe bem a posição da cidadã de laranja... ok, se você é macho pra carilha e nunca viu esse jogo na sua vida provavelmente já está tendo várias idéias na sua cabeça. Pra que jogar com a família se você pode jogar com mais 3 ou 4 moças? E que tal se elas estivessem de mini saia? E se estivessem de biquini besuntadas com óleo ou algum gel? E se estivessem nuas e besuntadas com molho de bacon?

Pois é amigos machos pra carilha... Twister é um jogo deveras sacana e que deve ser praticado da forma correta. Corra na loja mais próxima a você e chame suas coleguinhas para jogar! Ereção diversão garantida!


sábado, 21 de novembro de 2009

Uma imagem vale mais do 1000 palavras

Os 10 prazeres simples da vida!

Putz, outro dia estava eu, aqui no trampo, indo dar um mijão no banheiro, quando pensei como mijar é bom.

Mijar mesmo. Pois mijar é coisa de boçal, coisa de macho pra carilha mesmo. Fazer xixi é coisa de guria e urinar é coisa de doente e animal.

E pensando como mijar é bom, comecei a raciocinar sobre as outras coisas, os outros prazeres simples da vida.

Foi assim que cheguei na seguinte lista (sem ordem de uma coisa melhor que a outra):

- Dormir;
- Dar um mijão;
- Dar um barrote;
- Comer;
- Tomar banho;
- Transar;
- Tirar o tênis;
- Tirar a cueca;
- Dar uma coçada (na barriga, na bunda ou no saco);
- Tomar uma cerveja.


E o mais impressionante, você pode fazer essas coisas em sequência e ter uma vida perfeita.

Siga o raciocínio. Você chega em casa e
tira seu tênis depois de um dia de trabalho. Abre a geladeira e dá uma coçada na bunda. Depois disso pega uma cerva gelada e faz um sanduba pra comer. Chega no quarto, tira a roupa (a cueca) e toma um banho pra se preparar pra noite, não sem antes dar uma mijada ou um barrote lendo o jornal ou uma Playboy velha. Bota uma beca estilosa e vai pro bar encontrar umas gurias. Lá você bebe mais uma breja e come um provolone a milanesa ou uma outra deliciosa comida de bar. Mais cerveja, mais mijada. Conversa vem, conversa vai, você convence uma guria a ir ao seu apê. Chegando lá você tira o tênis, a meia, a cueca e tudo mais. Rola uma bela duma transa, seguida de um banho à dois. Depois disso, nada como dormir de conchinha. Acorda no dia seguinte, coça o saco, mija, barrote, banho, café da manhã...e o ciclo continua...

Você vive como um homem das cavernas, mas vive a vida de forma plena e feliz.

Por isso, que me esforço pra viver assim todos os dias da minha vida.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Decote sem dó por um mundo melhor!!!

No processo de abandono total do meu antigo blog, estou trazendo os posts mais machos pra carilha que tinham por lá. Aí posso sumir de vez com o antigo e assumir de forma integral e plena este aqui. E eram bons posts, muito instrutivos. Sem contar que este post em particular já tem até link aqui no Carilha!

Se você me conhece já faz um tempo certamente já ouviu falar da campanha "Decote sem dó por um mundo melhor!". Se nunca ouviu falar, aqui vai uma introdução ao tema.

Em 2007, estava eu mexendo no orkut quando me deparo com uma mina bem gatinha numa das comunidades que frequento. Como sou homem e as vezes (ou sempre) penso simplesmente na perpetuação da espécie, fui averiguar as fotos da loirinha delicinha. Ao entrar em seu albúm me deparo com esta foto (recortada obviamente, pois prezo pela privacidade da moça).

Como eu queria estar ali...

Olha só que beleza. Se você é homem (ou mulher que gosta de mulher), abriu um sorriso largo no rosto ou soltou um "Nossa! Que beleza..." ou "Ai lá em casa...". Você me entende. Os homens apoiam essa campanha, eu sei. Afinal, ela está aí desde 2007.

O problema é as mulheres aderirem mais ao decote. Elas acham que essa campanha é coisa de tarado safado. Não mesmo, mulherada. A coisa é séria. É coisa pesquisada, analisada e confirmada. Vem aqui em casa que eu te mostro os dados da pesquisa.

Decote melhora a qualidade de vida, aumenta a moral e abre portas.

Imagine um mundo sem decote. Que tristeza. Haveria mais guerra, mais emos e mais sofrimento no coração.

Olhe só essa imagem, uma projeção de como seria.

DECOTE!!!!

É, um verdadeiro horror. Homens produzindo menos, deficit nas lavouras e fábricas, pessoas que não se curam de doenças simples como frieira, coceira no rabo e tosse de cachorro. Haveria mais desmatamento, pois sem decotes o homem ia ter que se ocupar com coisas sem sentido, como derrubar árvores, pesquisar se há vida em Marte e assistir partidas de badminton.

Então, mulherada. Abracem essa causa e tragam sorrisos aos descontentes. O homem já tá ferrado. Sem decote não veremos mais caras como a de Joãozinho aqui abaixo.

Ihiiiiiiiii!!!

Não tire o sorriso desta criança. DECOTE SEM DÓ POR UM MUNDO MELHOR!